Sem torcida a favor, Palmeiras volta ao Morumbi disposto a quebrar tabu

Faz tempo que o Palmeiras não joga no Morumbi. Faz mais tempo ainda que o Verdão não consegue vencer o rival jogando na casa deles, mas uma vitória hoje não é algo impossível. Longe disso.

Para o clássico de hoje, o técnico Cuca não poderá contar com dois jogadores importantes: o meia Cleiton Xavier, que voltou a sentir dores no músculo adutor da coxa esquerda e o lateral-esquerdo Egídio, que está com a coxa inchada de tanto apanhar na partida contra o Fluminense.

Com isso,  o recém-chegado Fabrício terá a sua primeira chance como titular no Verdão. O cara vem treinando bem e pode surpreender seja pela lateral ou caindo pelo meio-campo.

Para substituir o Cleiton Xavier, Cuca pode apostar tanto no Alecsandro jogando mais recuado ou no competente Moisés, que sempre entra muito bem nas partidas. Confesso que prefiro a segunda opção.

Lucas Barrios não vai pro jogo, mas volta logo ao time. Ah, por muita sorte, o Gabriel Jesus não tem o visto para entrar nos EUA. Se tivesse, o atacante seria convocado por Dunga para substituir Douglas Costa na Copa América Centenário. Santo visto!

Um fato lamentável desse clássico é que a presença do torcedor palmeirense foi proibida. Incapazes de resolver os problemas de segurança, a solução encontrada pelas autoridades foi a pior possível: torcida única. O próximo passo talvez seja disputar as partidas no CT, ou algo assim.

Enfim, o provável Palmeiras que vai a campo é o seguinte: Fernando Prass; Tche Tche, Thiago Martins, Vitor Hugo e Fabricio; Jean, Thiago Santos e Moisés (Alecsandro); Dudu, Róger Guedes e Gabriel Jesus.

Avanti Palestra!!!