Palmeiras vence São Bernardo com golaço de Vitor Hugo

Por Fabian Chacur

Um golaço do zagueiro Vitor Hugo acabou valendo mais uma vitória para o Palmeiras no Paulistão 2015. Desta vez, foi contra o São Bernardo, na noite deste domingo (22), na cidade do ABC paulista. Foi o que valeu a pena em uma partida de nível técnico abaixo da crítica. Um horror.

A primeira etapa testou a paciência dos torcedores. De um lado, o time da casa estreando técnico novo (Roberto Fonseca) e esbanjando limitação e boa vontade sem grande retorno. Do outro, o clube grande na base do tédio e de pouca criação, facilitando a vida do goleiro adversário. Um horror.

Após duas oportunidades de gol para cada lado e ambas aos 4 minutos, com Rafael Marques para o Palmeiras e Maikon para o São Bernardo, só tivemos algo próximo de chance de abrir o marcador aos 24 minutos, com Robinho batendo falta para defesa tranquila do goleiro local.

Aos 32 minutos, Rafael Marques cabeceia para fora em outra oportunidade, digamos assim, “melhorzinha”. Dudu ficou perto de fazer aos 41 minutos, enquanto Moradei arriscou de fora da área aos 45 minutos para defesa tranquila de Fernando Prass, que quase não teve trabalho.

A etapa final começou um pouquinho melhor, com Gabriel mandando um chute forte que passou perto da meta adversária aos 3 minutos e boa defesa de Fernando Prass aos 6 minutos em jogada de Marino. Aí, aos 9 minutos, o gol alviverde. Vitor Hugo aproveitou rebote do goleiro e, de semi-bicicleta, fez um gol atípico para um zagueiro.

A partir daí, a partida ficou bastante corrida, mas sem grande técnica sendo exercida pelas agremiações. Dudu fez boa jogada aos 14 minutos, mas arrematou para fora. Fernando Prass mostrou serviço com duas belas defesas, uma aos 19 minutos em chute de Maikon e outra aos 23 em cobrança de falta de Jean Carlos.

A partir daí, o clima modorrento do primeiro tempo voltou com força total, sem grandes oportunidades de gol e com erros de passes de parte a parte. No fim das contas, valeu pelos três pontos alviverdes, e pela certeza de que o time precisa encorpar bastante para poder disputar títulos em 2015.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Fernando Prass7,0– Fez pelo menos duas grandes defesas e garantiu a vitória alviverde.

Lucas5,0– Nada de especial, e ainda deu espaços para os adversários cruzarem bolas na área do seu time.

Victor Ramos6,0– Seguro, sem inventar e desarmando inúmeras bolas durante a partida.

Vitor Hugo6,5– Tranquilo na defesa, fez um golaço que garantiu a vitória do Verdão.

Zé Roberto5,0– Esforçado, nada além disso.

Gabriel5,0– Discreto.

Arouca5,5– Muita garra, mas ainda abaixo do que pode render.

Robinho5,5– Alguns bons momentos e sem muito brilho no todo. Saiu os 40 minutos do segundo tempo para dar lugar a Renato-sem nota, que não teve tempo para fazer nada.

Rafael Marques6,0– Bastante movimentação durante a partida.

Dudu5,0– Ainda muito irregular. Saiu aos 42 minutos do segundo tempo substituído por Leandro Pereira-sem nota, que não teve tempo nem de suar a camisa.

Cristaldo6,0– Lúcido e bem esforçado, jogou curiosamente longe da área, mais na base da assistência aos colegas. Saiu aos 24 minutos do segundo tempo substituído por Gabriel Jesus-4,0, que não fez praticamente nada desta vez.