Palmeiras vence San Lorenzo e garante melhor campanha na Libertadores

Se o que importa é o resultado, o torcedor palmeirense não tem do que reclamar. Na noite desta quarta-feira (8), na Allianz Parque, o Verdão venceu o San Lorenzo pelo placar de 1 a 0. Com esse resultado, os pupilos de Luiz Felipe Scolari garantiram a melhor campanha da fase de grupos da Libertadores 2019, o que lhe possibilitará decidir todos os mata-matas que disputar até o fim da campanha decidindo sempre em casa. Um prêmio irrisório, é verdade, mas compensa o que vimos durante a partida, das mais mornas.

Desde os primeiros lances, ficava clara a falta de concentração dos jogadores dos dois times, que entraram em campo com a classificação para as oitavas da Libertadores já garantida.  Dessa forma, vimos um primeiro tempo sonolento, no qual o Palmeiras deu seu primeiro arremate na direção do gol apenas aos 28 minutos, e mesmo assim com um chute de Moisés que foi para fora. O San Lorenzo ainda conseguiu exigir uma boa defesa de Weverton, em chute de Herrera aos 9 minutos após uma falha (rara, por sinal) bizonha de Felipe Melo.

O Verdão voltou um pouquinho mais aceso para a etapa final, Aos 11 minutos, Zé Rafael fez boa jogada pela ponta direita do ataque alviverde e cruzou para desvio de Moisés que o goleiro defendeu. Aos 29 minutos, após uma boa jogada que resultou em cabeçada perigosa de Zé Rafael, Gustavo Scarpa (que entrou apenas na segunda etapa) chutou de fora da área e o goleiro do time argentino aceitou. Eis o gol que definiu a partida.

O San Lorenzo até ameaçou uma reação que não passou de uma cobrança de falta perigosa que, felizmente, não resultou em gol. E o jogo ficou por isso, mesmo, para felicidade da torcida alviverde.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Weverton- 7,0- Fez duas defesas importante e ajudou a garantir essa boa vitória.

Mayke- 6,5- Muita disposição na defesa e no apoio.

Luan- 7,0- Que zagueiro! E pensar que muita gente o queria fora do Palmeiras, em meados de 2018…

Gustavo Gómez- 8,0- Provavelmente o melhor zagueiro jogando no Brasil, atualmente. Show!

Victor Luis- 4,0- Muito fraco, errando passes, cruzamentos, quase tudo. Muita vontade e pouco de efetivo.

Felipe Melo- 7,0- Afora um erro grotesco no início da partida que quase gera gol adversário, outra partida impecável do volante alviverde, na defesa e no campo de ataque.

Moisés- 5,0- Performance discreta, especialmente no apoio ao ataque.

Raphael Veiga- 4,0- Tímido demais, com raros momentos mais efetivos. Saiu aos 17 minutos do segundo tempo substituído por Gustavo Scarpa-7,5, que entrou com tudo, fez o gol da vitória e, infelizmente, saiu contundido aos 30 minutos do segundo tempo, dando sua vaga a Lucas Lima-sem nota.

Zé Rafael- 6,5- Irregular, mas teve bons momentos e participação importante na partida.

Dudu-5,0- Partida mais discreta do Pequeno Gigante nesses últimos tempos.

Borja- 3,0- Apagadíssimo, só foi visto em campo em duas cabeçadas mal concretizadas. Saiu aos 14 minutos do segundo tempo, substituído por Arthur Cabral-4,5, que pouco fez, também, mas mostrou mais vontade.