Palmeiras vence Red Bull em noite de Thiago Santos

Em 98 partidas vestindo a camisa do Palmeiras, o volante Thiago Santos fez dois gols. Contrariando a lógica, ele marcou outros dois na noite desta quinta-feira (25) contra o Red Bull Brasil, garantindo a vitória de virada pelo placar de 2 a 1 em partida válida pelo Paulistão e perante mais de 26 mil torcedores. Quem também brilhou muito foi Jailson, que pegou um pênalti.

O Palmeiras veio a campo com três novidades em relação à escalação das duas partidas anteriores: Mayke entrou no lugar de Marcos Rocha, Thiago Santos na vaga de Felipe Melo e Keno no ataque, ao invés de Willian. O time mostrou falta de entrosamento desde o início, chegando pouco ao gol adversário.

Aos 9 minutos, o Red Bull Brasil teve ótima oportunidade em arremate forte de Rodrigo Andrade que Jailson desviou com precisão, defendendo a seguir outra tentativa do ataque do adversário. Quando o Verdão parecia iniciar uma reação, o time de Campinas abriu o marcador, com David finalizando de cabeça uma trama bem armada por seus colegas de equipe.

De forma burocrática e sem muita imaginação, os comandados de Roger Machado tentaram o empate, mas não conseguiam criar boas oportunidades. Aí, aos 47 minutos, no último lance da etapa inicial, Lucas Lima cobrou falta e Thiago Santos desviou de cabeça, empatando a partida, para alívio da torcida.

O Palmeiras voltou um pouco melhor para a etapa final, embora sem brilhar. Aos 3 minutos, Borja perde um gol feito. Aos 11 minutos, quase Dudu marca um belo gol por cobertura, mas Julio Cesar conseguiu desviar para escanteio. Na sequência, Thiago Santos cabeceia para fora, após passe de Lucas Lima.

Aos 14 minutos, Borja perde mais um tento, desta vez após cruzamento de Vitor Luis. Com as alterações feitas por Roger Machado, o time perdeu um pouco de força, e aos 29 minutos, pênalti de Antônio Carlos. Sorte que, aos 31 minutos, Rodrigo Andrade bateu, Jailson espalmou e em seguida defendeu de forma incrível o rebote de Nininho. O Verdão voltava ao jogo.

Incentivado pela façanha do seu goleiro, o time ganhou novo ânimo, especialmente após a expulsão de Rodrigo Andrade aos 34 minutos (tomou o segundo amarelo). Aí, aos 42 minutos, Thiago Santos aproveita bom cruzamento e finaliza para dar a vitória ao seu time, como se fosse um centroavante.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Jailson9,0– Além do pênalti e do rebote logo a seguir, ele fez boas defesas e não teve culpa no gol. Vai ganhando a titularidade com merecimento.

Mayke6,5– Boa partida em todos os sentidos.

Antônio Carlos5,5– Atuação regular, vacilou no pênalti.

Thiago Martins6,0– Performance discreta no sistema defensivo.

Victor Luis6,5– Muita disposição e força no apoio ao ataque e na defesa.

Thiago Santos10,0– A garra de sempre e dois gols!!!!

Tchê Tchê5,0– Esforçado, mas errando muitos passes. Saiu aos 20 minutos do segundo tempo substituído por Bruno Henrique-2,5, que errou passes, perdeu divididas e teve chance ótima de gol que perdeu de forma bisonha.

Lucas Lima7,0– Deu a assistência para o primeiro gol e esteve sempre em busca de boas jogadas, especialmente na etapa final.

Dudu7,0– Muita garra e movimentação. Melhorou no segundo tempo.

Keno5,0– Bem abaixo do seu habitual. Saiu aos 20 minutos do segundo tempo substituído por Willian-6,0, que ajudou mais o ataque.

Borja5,0– Perdeu três gols feitos. Saiu aos 28 minutos do segundo tempo dando sua vaga a Guerra-4,0, que se mostrou apagado.