Palmeiras vence o Vitória em Salvador

Por Fabian Chacur

Com gol de Marquinhos Gabriel no segundo tempo, o Palmeiras venceu pelo placar de 1 a 0 o time do Vitória nesta chuvosa tarde de domingo (18) no estádio de Pituaçú, em Salvador. O jogo teve baixo nível técnico, mas a equipe treinada pelo interino Alberto Valentim mereceu os três pontos, pois jogou melhor do que o adversário.

Com desfalques de ambos os lados, o primeiro tempo arrancou arrepios das duas torcidas, graças ao incrível número de passes errados e a pouquíssima criação. O primeiro chute com algum perigo ocorreu em finalização para fora de Marquinhos após bom cruzamento, aos 29 minutos de partida. Fábio fez boa defesa aos 33 minutos.

O Palmeiras só chegou com alguma expressividade em cabeçada para fora de Wellington, hoje improvisado como lateral-direiro (???), após cobrança de escanteio aos 37 minutos. Foram 46 minutos (com o acréscimo) para se esquecer, tal a falta de qualidade das duas agremiações em termos ofensivos e de fundamentos.

Mostrando um pouco mais de domínio de bola e eficiência, o Palmeiras abriu o marcador logo aos 3 minutos do segundo tempo. Marquinhos Gabriel aproveitou rebote e chutou, a bola desviou no zagueiro Nino Paraíba e foi para o fundo das redes do Vitória, que nos minutos seguintes mostrou ter sentido o gol do adversário.

Mesmo assim, o time da casa quase faz após falha da defesa alviverde que Fábio corrigiu com grande defesa. Embora tivesse amplo domínio de bola, o Verdão não conseguia criar chances nítidas de gol. Aos 28 minutos, Marquinhos Gabriel deu seu lugar a Mazinho, sendo que Wellington deu sua vaga aos 34 minutos a Tiago Alves.

No final, o Vitória impôs um pouco mais de pressão e teve duas oportunidades claras de gol, aos 40 e aos 43 minutos, com Fábio mais uma vez justificando os elogios que está recebendo. Victor Luis ainda entraria aos 43 minutos no lugar do apagado Mendieta, e felizmente nada mais ocorreu, com o triunfo alviverde se concretizando.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Fábio7,5– Com belas defesas e muita segurança, o garoto vai se firmando como titular do Palmeiras.

Wellington5,5– Improvisado de forma meio absurda na lateral, o garoto esbanjou garra e não foi tão mal. Deu seu lugar aos 34 minutos para Tiago Silva-sem nota-, que não comprometeu no pouco tempo em que esteve em campo.

Lúcio4,0– Um primeiro tempo horroroso, com erros de passe imperdoáveis para um jogador tão experiente. Melhorou um pouquinho na etapa final.

Marcelo Oliveira4,5– Também pouco inspirado na tarde de hoje, embora melhor do que o colega de zaga.

Juninho4,0– Inoperante no apoio ao ataque e uma habitual avenida em prol do adversário.

Renato5,5– Sóbrio, com muita dedicação e esforço na marcação.

Wesley5,5– Fraco na criação, mas ao menos sabe jogar, o que não é pouco.

Mendieta4,0– O armador do time passou batido pela partida, com atuação pífia. Saiu aos 43 minutos para dar lugar a Victor Luis– sem nota-, que não teve tempo para nada.

Marquinhos Gabriel6,0– Correu bastante e ainda fez o gol da vitória do Verdão. Foi substituído por Mazinho-2,0– aos 28 minutos. O “Messi Black” não fez uma única jogada decente e passou batido na partida.

Diogo6,5– Bom no ataque e muito bom em termos táticos, ajudando bastante na marcação. Merece ser titular.

Henrique5,5– Muita garra, mas não recebeu uma única bola decente durante toda a partida. Hoje passou batido em termos de gols.