Palmeiras vence o Vitória e faz bela festa de decacampeão brasileiro

Era um jogo festivo, com o título já confirmado. Mas, ainda assim, a vitória seria muito bem-vinda, e o Palmeiras não negou esse prazer aos 41.256 torcedores presentes (entre os quais o presidente eleito Jair Bolsonaro) na tarde deste domingo (2) na Allianz Parque. Com bom desempenho, o Verdão venceu o Vitória por 3 a 2, em partida bem disputada, e chegou aos 80 pontos ganhos no Brasileirão, 8 à frente do vice-campeão, o Flamengo. Uma campanha impecável, que ganhou impulso a partir do retorno de Felipão ao comando do time.

Mesmo com o clima de festa, o Palmeiras mostrou disposição para vencer a partida, enquanto o rival, já rebaixado para a série B do Brasileirão, esbanjou dignidade, suando a camisa e tentando importunar o rival mais forte. Após boas oportunidades de gol de parte a parte, com predomínio alviverde, o primeiro gol do Verdão saiu aos 43 minutos, com Edu Dracena finalizando de cabeça após um levantamento perfeito de Dudu.

Logo a 11 minutos do segundo tempo, saiu o segundo tento alviverde, com Gustavo Scarpa complementando bela jogada criada por Dudu e Lucas Lima, em chute que teve leve desvio em um jogador do Vitória. Várias oportunidades surgiram para marcar o terceiro gol, mas foram desperdiçadas. Aí, o árbitro marcou pênalti, em falta que Antônio Carlos na verdade cometeu fora da área, e Yago cobrou bem, aos 25 minutos.

Embalado pelo gol, o Vitória veio para cima e, aos 27 minutos, Luan fez bela jogada e empatou a partida. Sem desanimar, o Verdão continuou pressionando para voltar à frente no placar, e isso acabou acontecendo aos 44 minutos, em contra-ataque bem concatenado no qual Guerra soube ajeitar a bola para o arremate preciso do nosso capitão, Bruno Henrique, aos 44 minutos. Vitória contra o Vitória para comemorar a vitória, o título. o décimo título do Brasileirão. Uma festa incrível, mágica, de dar orgulho no torcedor alviverde.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Weverton- 6,5– Fez boas defesas e não teve culpa nos gols que tomou.

Mayke- 8,0– Partidaça do primeiro ao último minuto.

Antonio Carlos-6,5– Partida de regular para boa, sendo que ele foi penalizado com um pênalti que não cometeu. Nem em jogo comemorativo a arbitragem alivia para nós…

Edu Dracena-8,0– Bela partida, com direito a mais um gol. Acho que ele pegou gosto…

Victor Luis- 6,5– A regularidade de sempre.

Felipe Melo- 7,5– Mais uma ótima partida do polêmico volante alviverde, que pelo visto resolveu deixar as confusões de lado e jogar bola. Parabéns!

Bruno Henrique- 8,0– Outro show de bola do nosso capitão, com direito a um golaço no final da partida, o 16ª dele na temporada.

Lucas Lima- 7,5– Bela performance, inclusive nos desarmes e assistências. Saiu aos 42 minutos do segundo tempo para a entrada de Guerra-6,0, que arrumou tempo para uma bela assistência que resultou no gol da vitória.

Dudu-7,0– Boa partida. Só faltou um gol. Fica a torcida para que não tenha sido a última dele com o manto sagrado alviverde.

Gustavo Scarpa-7,5– Muita movimentação e finalizações, com direito a um gol. Esse tem tudo para render muito em 2019, agora livre dos problemas físicos e legais.

Borja-5,5– Novamente discreto demais. Saiu no intervalo dando lugar a Deyverson-5,0, que só chamou a atenção por seu cabelo pintado de verde.