Verdão vence o lanterna e espanta a crise

Vencemos. Apesar do placar e do golaço de Gabriel Jesus, não foi uma vitória arrebatadora. O time ainda mostra várias deficiências (e deve continuar mostrando por um bom tempo), mas foi o suficiente para tirarmos o nariz da lama.

Empurrado pela torcida, o Palmeiras pressionou o Rio Claro desde o primeiro minuto. As alterações do técnico Cuca foram aprovadas, principalmente Jean na lateral-direita. O volante acabou sendo um dos principais destaques da partida e ninguém sentiu saudades do Lucas.

Apesar dos erros, Egídio fez outra boa partida. Sei que já critiquei ele muito por aqui, mas ele sabe jogar bola e, se recuperar a confiança pode ser importante para o time.

Cuca foi para o tudo ou nada com Alecsandro, Gabriel Jesus e Lucas Barrios no ataque. Ainda assim, o setor de criação simplesmente não existe. Na maioria das vezes, apenas os laterais se encarregavam de levar a bola para os atacantes.

A defesa continua sendo um problema sério, mesmo com alterações nas peças. Logo aos 16 minutos de jogo, uma falha absurda deixou dois atacantes do Rio Claro livres para abrir o placar. Imagina se o Palmeiras toma um gol do lanterna do campeonato logo de cara? Melhor nem pensar nisso.

Depois de tanto insistir e não conseguir marcar um gol, a torcida e o time começaram a mostrar nervosismo com a situação. Mais uma vez, o pé quente Alecsandro usou a cabeça para tirar o zero do placar e trouxe alívio para todo o Pacaembu. Parece exagero, eu sei, mas parecia gol de final de Copa do Mundo.

SÃO PAULO, SP - 31.03.2016: PALMEIRAS X RIO CLARO - O jogador Gabriel Jesus, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Rio Claro FC, durante partida válida pela décima terceira rodada, do Campeonato Paulista, Série A1, no Estádio do Pacaembu. (Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

Foto: Cesar Greco / FotoArena

Na segunda etapa, o Palmeiras voltou mais comedido para a partida, mas Gabriel Jesus não. O garoto marcou um golaço que não deve se esquecido tão cedo por todos que gostam de futebol.

Vendo em casa parece fácil, coisa de videogame. Mas passar por tanta gente, com tanta habilidade e finalizar com tanta precisão é algo para poucos. O garoto é realmente diferenciado e ainda vai nos dar muitas alegrias.

Matheus Sales é muito menos badalado, mas também tem muito talento. Uma pena que tenha levado o terceiro cartão amarelo e, suspenso, não poderá atuar no dérbi.

Por falar nisso, se querem mesmo afastar a crise, uma vitória ou, pelo menos, uma boa apresentação noderbi deste domingo é fundamental para o Palmeiras.

A torcida jamais deixará de apoiar e torcer para esse time, mas é preciso treinar e trabalhar muito maispara colocar o Palmeiras onde ele merece estar.

Contra o Rio Claro, demos o primeiro passo.

Abraço a todos!