Palmeiras vence o Grêmio pelo Brasileirão

Um gol contra de Machado definiu a vitória do Palmeiras contra o Grêmio na tarde deste sábado (1º) no estádio do Pacaembu, em partida válida pelo Brasileirão 2017. O placar de 1 a 0 se mostrou merecido, apesar das deficiências do time alviverde em termos de finalizações e do último passe, algo de se esperar se levarmos em conta que o time era basicamente reserva.

Com uma escalação bastante interessante, o Palmeiras dominou as ações rapidamente, com o Grêmio se postando de forma bastante defensiva e com nítidas dificuldades de sair jogando ou mesmo de explorar contra-ataques. A pressão gerou um pênalti em Egídio aos 12 minutos, mas o juiz, de forma bizarra, marcou uma falta fora da área que ninguém entendeu.

Aos 17 minutos, o time gaúcho arriscou seu primeiro chute a gol, mas Prass defendeu em dois tempos. Aos 18 minutos, Borja cruza, mas Erik chega atrasado. Aos 23 e 28 minutos, Borja arremata para fora, ressaltando as principais deficiências do Verdão: má pontaria e erro no passe final.

Aos 31 minutos, Keno, que já havia feito uma bela jogada anteriormente, quase faz, em chute perigoso. Aos 34 minutos, foi a vez de Egídio, com o goleiro defendendo. Aos 47 minutos, uma bela jogada do ataque palmeirense chegou nos pés de Michel Bastos, que no entanto finalizou fraquinho.

Aos 39 minutos, o Grêmio chega perto da meta alviverde, em arremate de Fernandinho que passa relativamente perto. A última oportunidade do Verdão veio novamente com Keno aos 41 minutos, em boa jogada que culminou com mais uma finalização para fora da meta gremista.

Para a segunda etapa, os comandados de Renato Gaúcho vieram um pouco mais determinados a atacar, e logo aos 9 minutos Egídio salvou uma oportunidade do time adversário em cima da linha. Aos 13 minutos, Erik finalizou mal e perdeu uma boa chance, após bom lançamento de Zé Roberto.

Aos 21 minutos, Michel Bastos cobrou falta e quase marca. Aos 26 minutos, o Grêmio chegou com Everton, mas Prass defendeu sem grande dificuldade. Aos 30 minutos, novamente o nosso goleiro conseguiu defender, em tentativa e Caio.

Aí,aos 32 minutos, quando o jogo parecia se encaminhar para um empate, Raphael Veiga cruza a bola pelo lado direito do ataque alviverde, e o volante Machado, que havia entrado em campo há poucos minutos, desviou contra a sua própria meta. Era o gol decisivo. E não teve mais nada depois disso. Menos mal!

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Fernando Prass7,0– Bem colocado nos poucos ataques do Grêmio.

Mayke-6,0- Regular, com participação fraca em termos ofensivos.

Luan6,0– Regular, ainda entrando no melhor de sua forma.

Juninho6,0– Ainda se ajeitando no time, mas errando passes perigosos.

Egídio6,5– Irregular como de praxe, mas salvou um gol feito e também teve alguma presença ofensiva.

Bruno Henrique6,0– Uma estreia bem satisfatória.

Michel Bastos6,0– Buscou bastante o jogo, mas estava com má pontaria. Saiu aos 26 minutos do segundo tempo substituído por Raphael Veiga-7,0, que se não brilhou fez o cruzamento que gerou o gol alviverde, o que não foi pouco.

Zé Roberto7,5– O melhor do alviverde, mostrando que o meio-campo é o melhor setor para ele na atual conjuntura alviverde.

Erik5,0– Esforçado, mas com uma pontaria terrível. Saiu aos 16 minutos do segundo tempo substituído por Willian-6,0, que ajudou a dar um pouco mais de mobilidade ao ataque, embora sem brilhar.

Borja6,0– Esbanjou garra e vontade, mas não acertou um único chute ou cabeçada decente na direção do gol gremista.

Keno7,0– Muita disposição e algumas jogadas eletrizantes. Saiu aos 31 minutos do segundo tempo dando sua vaga para Róger Guedes-5,0, que ajudou a dar uma agitada no jogo.