Palmeiras vence o Corinthians na Allianz Parque

Com um ótimo desempenho no segundo tempo, o Palmeiras venceu pela primeira vez o seu maior rival, o Corinthians, em sua nova arena. O placar de 1 a 0 não refletiu o que foi a partida, pois o Verdão poderia ter conseguido um placar ainda maior, apesar do jogo ter sido bem pegado. O resultado coloca o Verdão entre os primeiros no Brasileirão 2016.

O Palmeiras teve um bom início de partida, e aos 8 minutos ficou perto de marcar, mas Gabriel Jesus não conseguiu finalizar da forma mais adequada. Logo a seguir, Giovanni Augusto quase marca para o Corinthians, em rápido contra-ataque. Aos 12 minutos, Tchê Tchê cruzou bem e Valter pegou.

A partir daí, a marcação, que já estava bastante forte de parte a parte, tomou conta das ações, especialmente por parte do time alvinegro, e as oportunidades de gol rarearam. Róger Guedes com chute para fora aos 19 minutos e um cruzamento aos 23 foi o mais perto que chegamos, enquanto o adversário teve outro arremate de Giovanni Augusto aos 42 minutos que passou perto.

O retorno do Verdão não podia ter sido melhor. Logo a dois minutos, em boa jogada na qual aproveitamos uma falha da defesa alvinegra, Moisés chutou forte, Valter rebateu e Cleiton Xavier, que havia acabado de entrar, cabeceou para o fundo da meta do rival. Um belo começo de um segundo tempo quase perfeito.

A partir daí, o que se viu foi um Palmeiras marcando forte, pressionando e tentando marcar o segundo gol para matar o jogo de uma vez por toda. O Corinthians chegou com real força aos 10 minutos, em arremate de Guilherme que bateu na trave e voltou caprichosamente para as mãos de Prass.

As chances continuaram a ser criadas pelo Verdão, com Gabriel Jesus aos 17 minutos, bola que Yago tirou quase em cima da linha aos 27 minutos e chute de Tchê Tchê aos 28 minutos. O time de Tite tentava, mas não conseguia sair da armadilha alviverde, e no fim a vitória palmeirense se mostrou inevitável.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Fernando Prass7,0– Uma partida segura, na qual se mostrou atento quando a bola chegou.

Tchê Tchê7,5– Muito bem na parte ofensiva, infernizou a defesa alvinegra.

Thiago Martins6,5– Se foi irregular no primeiro tempo, teve uma atuação impecável na parte final da partida, com direito a belos desarmes.

Edu Dracena7,0– Um belo retorno, no qual usou sua larga experiência a favor do nosso amado Verdão.

Zé Roberto8,0– Uma verdadeira aula de entrega e dedicação ao time, do primeiro ao último minuto.

Thiago Santos6,0– Discreto e muito útil no meio-campo alviverde.

Jean6,5– Muita garra e disposição.

Moisés7,0– Bem na armação e dando o sangue na marcação, vai se firmando com a camisa alviverde. Saiu aos 44 minutos do segundo tempo substituído por Matheus Sales-sem nova, que não teve tempo para fazer nada.

Dudu8,0– Partida impecável, ajudando a armar os contra-ataques e indo pra cima da defesa dos corintianos o tempo todo. Saiu aos 39 minutos do segundo tempo substituído por Rafael Marques-sem nota, que não teve tempo para fazer nada.

Róger Guedes5,5– Um primeiro tempo discreto, embora sem comprometer. Saiu no intervalo substituído por Cleiton Xavier-8,0 , que fez o gol da vitória e ajudou na melhora da criação do time alviverde na etapa final.

Gabriel Jesus7,0– Infernizou a zaga corintiana, mexendo-se o tempo todo. Só faltou o gol para coroar sua atuação.