Palmeiras vence e se classifica para as 4ªs de final da Copa do Brasil

Sem sustos e sem precisar suar muito a camisa, o Palmeiras venceu o Sampaio Correa na noite desta quinta-feira (30) na Allianz Parque, perante 26.886 torcedores. O resultado qualificou o Verdão para as quartas de final da Copa do Brasil,  que serão iniciadas após o final da Copa América, contra adversário ainda indefinido. Como seria de esperar, foi um jogo resolvido de forma tranquila, com o objetivo alcançado.

Como seria de esperar o time maranhense veio fechadinho na defesa, tentando especular algum eventual contra-ataque. Logo a 5 minutos, Zé Rafael fez boa jogada, mas cruzou para fora, Aos 11 minutos, Mayke cruza para Borja, que foi derrubado antes de conseguir finalizar. Pênalti, que o árbitro, mesmo com o auxílio do VAR, não marcou.  Logo na sequência, o Sampaio Correa tem chance com Esquerdinha que chuta para fora.

Aos 22 minutos, Zé Rafael cobra falta e exige boa defesa do goleiro adversário. Aí, aos 38 minutos, enfim uma jogada mais refinada, que gerou o gol de abertura do marcador. Lucas Lima lançou na área para Dudu, que de calcanhar ajeitou a bola para  Mayke, em chute preciso, finalizar com categoria.

Se o time visitante voltou para a etapa final tendo de marcar pelo menos dois gols para tentar levar a decisão para as penalidades máximas, a coisa piorou logo a 3 minutos. Moisés acertou belo lançamento para Mayke, que cruzou com precisão. Zé Rafael, bem colocado, cabeceou para ampliar o marcador. A rigor, a partida acabou por aí, pois o Sampaio Correa, embora sem desanimar completamente, demonstrou sentir o golpe.

Ainda assim, Weverton mostrou atenção, ao espalmar muito bem um escanteio batido com muita categoria por Everton, bola que tinha endereço certo. Aos 33 minutos, Salatiel cabeceia para fora, após cobrança de falta, outro raro lance mais agudo do time nordestino. Aos 42 minutos, mais uma vez Weverton esbanjou classe, ao espalmar uma outra cobrança de falta perigosa, desta vez feita por Diogo.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Weverton- 7,5- Duas ótimas defesas e muita segurança durante toda a partida.

Mayke- 9,0- De longe o melhor em campo, com direito a um gol e a uma assistência para o outro.

Antônio Carlos-6,0- Não foi muito exigido, e deu conta do recado.

Edu Dracena- 6,5- Um pouco melhor do que o companheiro de zaga.

Victor Luis- 6,0- Discreto, como de praxe.

Felipe Melo- 6,5- Regular, abaixo do seu habitual. Saiu aos 18 minutos do segundo tempo para dar lugar a Thiago Santos-5,0, que entrou com o jogo ganhou e  não comprometeu.

Moisés- 6,5- Deu o lançamento que originou o segundo gol. De resto, passou na média. Saiu aos 30 minutos do segundo tempo para Matheus Fernandes-sem nota, que não teve tempo para muita coisa.

Lucas Lima- 6,0- Deu o lançamento que originou o primeiro gol alviverde. Saiu no intervalo substituído por Gustavo Scarpa-5,0, que pouco fez.

Zé Rafael- 7,5- Muita movimentação, um belo gol e partida segura e sólida.

Dudu- 7,0- Bela assistência para o primeiro gol e boas jogadas, mesmo sem brilhar.

Borja- 4,5- Só foi visto em campo ao ser derrubado, logo no início da partida, em pênalti não marcado.