Palmeiras vence e dispara na liderança do Brasileirão

Não foi uma vitória fácil. Foi um jogo sofrido. E a sorte dos campeões segue ao lado do Verdão no Campeonato Brasileiro nesta noite chuvosa, em Belo Horizonte.

Uma noite que começou quente, com dois gols seguidos. Um de Thiago Ribeiro, aos sete minutos, numa falha clamorosa da zaga, e outro de Diego Souza numa batida de falta cheia de estilo, cheia de curva, no meio do gol do goleiro Fábio, dois minutos depois. Em seguida, a temperatura subiu ainda mais com uma jogada bizarra de Jumar dentro da área que poderia ter sido uma penalidade máxima, mas não foi.

Depois a temperatura caiu um pouco.  Com muitos erros, a zaga palmeirense parecia um termômetro da torcida, um tanto nervosa. Ainda chegamos perto do gol duas vezes, com Robert de cabeça, e ainda numa “desabalada carreira” do lateral Armero. O goleiro Marcos fez uma baita defesa no final, fechou o ângulo, e mostrou que a meta estava fechada. Definitivamente.

Na segunda etapa, com três zagueiros, parecia que tudo continuaria igual. Nada disso. CX10 viu Vagner Love bem colocado na intermediária, entre dois zagueiros. Como se ainda estivesse na fria Rússia, aos 4 minutos, o artilheiro arrancou com a bola, invadiu a área, limpou o goleiro,  e marcou um golaço.  Mostrando que tem velocidade, qualidade, e muita precisão.  E o Palmeiras vira o placar.

Poucos minutos depois, Armero é expulso e o Palmeiras fica com um a menos. Gelei. Depois o Wendel sai contundido, e entrou o chileno Figueroa. E entra muito bem. Perfeito na marcação, e ajudou a segurar a pressão do time da casa até o apito final.

E que venha o Atlético-PR…o Palestra vai pegar fogo!

uol_logoClique aqui para ouvir a Rádio Mondo Palmeiras – Edição 148, com o lateral Wendel.