Palmeiras vence Chapecoense na Allianz Parque

Pela primeira vez no Brasileirão 2015, o Palmeiras consegue duas vitórias consecutivas. Na noite desta quarta-feira (1º), a vítima foi a Chapecoense, derrotada por 2 a 0 na Allianz Parque. O resultado foi consolidado especialmente graças a um ótimo desempenho do time na etapa final.

Leandro Pereira quase abre o marcador em boa jogada relâmpago, logo a 23 segundos de jogo. Mas a seguir, a bem armada equipe da Chapecoense mostrou as suas garras, com boas oportunidades com Edmilson aos 4 minutos, Dener aos 6 minutos e Edmilson novamente aos 8 minutos.

O Palmeiras só voltou a incomodar aos 9 minutos com Dudu, mas aos 11 minutos novamente a equipe de Santa Catarina incomodou, quando Edmilson ficou na cara do gol, mas, felizmente, dominou mal e finalizou sem força, facilitando as coisas para o goleiro Fernando Prass.

Os erros de passes tanto atrás como na frente complicavam a vida do Palmeiras, que chegou com força aos 19 minutos e tomou novo susto aos 23 minutos com Dener. Quando o jogo parecia bastante complicado e perigoso, sai o gol. Egídio recebe na entrada da área, chuta forte e a bola desvia no zagueiro adversário e entra, abrindo o marcador para o Alviverde Imponente aos 27 minutos.

Até o fim da etapa inicial, a partida se manteve na mesma toada, só que com o Palmeiras conseguindo evitar finalizações por parte do perigoso adversário, mas também não conseguindo chegar com força, novamente pecando com passes errados nos momentos decisivos.

Provavelmente bem orientada por Marcelo Oliveira, a equipe voltou bem mais segura e bem postada em campo para a parte final da partida, e conseguiu neutralizar por completo a boa equipe adversária. Os lances perigosos do Verdão começaram a aparecer, e o segundo gol parecia iminente.

E veio aos 24 minutos, em jogada que teve inicio e foi concluída por Cristaldo, há menos de dois minutos em campo. Com a diferença mais elástica a seu favor e Zé Roberto em campo para cadenciar o jogo, os minutos foram bem gastos e a Chapecoense não esboçou mais nenhum tipo de reação.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Fernando Prass6,0– Não foi incomodado, especialmente na etapa final.

Lucas7,0– Ficou mais na defesa e foi muito bem, sem deslizes nem vacilos.

Victor Ramos6,0– Regular.

Vitor Hugo6,0– Estável durante toda a partida.

Egídio8,0– Outra ótima partida, e desta vez com direito a gol.

Gabriel8,0– Grande partida em termos de marcação, com cobertura perfeita para Egídio.

Arouca6,5– Estável e muito eficiente na marcação e no apoio ao ataque. Saiu aos 38 minutos do segundo tempo substituído por Andrei Girotto-sem nota, discreto.

Robinho6,0– Boa partida, embora tenha errado bons passes, especialmente no primeiro tempo.

Rafael Marques5,5– Atuação apagada com direito a vários erros de passe. Mas não comprometeu.

Dudu7,5– Buscou o jogo o tempo todo e foi muito importante no setor ofensivo. Saiu aos 19 minutos do segundo tempo substituído por Zé Roberto- 7,0, que ajudou a cadenciar o jogo para o Verdão garantir a vitória.

Leandro Pereira6,0– Muito esforço e movimentação, além de participar do primeiro gol. Saiu aos 22 minutos substituído por Cristaldo-8,0, que botou fogo no jogo, fazendo um gol rapidinho e participando de várias jogadas ofensivas. Tomara que não seja negociado!