Palmeiras vence Capivariano com dois gols de Robinho

Com dois gols de Robinho feitos na parte final da partida, o Palmeiras venceu a equipe do Capivariano na noite deste sábado (28) na Allianz Parque pelo Paulistão 2015. O adversário dificultou muito a vida alviverde com sua marcação intensa, mas não aguentou o tranco e abriu o bico, no fim das contas.

O início do Verdão foi fulminante, com duas chances claras de gol em apenas 3 minutos de partida, sendo a segunda com Cristaldo mandando a bola na trave. A partir daí, no entanto, a marcação do Capivariano complicou as coisas em relação à saída de bola do time dirigido por Oswaldo de Oliveira.

De quebra, quando chegava ao ataque, o Palmeiras falhava no último passe, sem conseguir concluir as jogadas ou acertar arremates a gol. Por sua vez, o time do interior mostrava pouca competência para aproveitar os contra-ataques, apostando em chutes de longa distância sem grande perigo.

A melhor oportunidade da primeira etapa ocorreu aos 39 minutos, quando o zagueiro Hélio cabeceou com perigo contra a meta de Fernando Prass, após cobrança de escanteio. A rigor, o Palmeiras não acertou nenhuma finalização decente, com exceção das duas no comecinho da partida.

A entrada de Rafael Marques na vaga de Allione deu mais força ofensiva ao Palmeiras, que com Cristaldo atingiu a trave adversária logo aos 3 minutos. Rafael Marques aos 11 minutos, Robinho aos 12 minutos e Zé Roberto aos 16 minutos (este em cobrança de falta) ameaçaram o time interiorano.

Quando as coisas pareciam se complicar para o lado palmeirense, enfim o gol. Robinho cobrou falta de forma magistral, aos 35 minutos, e conseguiu resolver parada. Aos 43 minutos, em bela assistência de Dudu, o ex-jogador do Coritiba marcou novamente, resolvendo a partida a favor do Verdão. Mais de 32 mil pessoas estiveram no campo, nosso recorde do ano até agora.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Fernando Prass6,0– Pouco ameaçado, tirou a partida de letra.

Lucas5.5– Discreto e eficiente.

Tobio5,0– Errou uns passes bobos, mas no fim das contas conseguiu não comprometer muito.

Vitor Hugo6,0– Sem vacilos e com muita raça,

Zé Roberto6,5– Comandou a equipe com a categoria que lhe caracteriza.

Gabriel6,0– Eficiente na marcação.

Arouca6,5– Para quem não jogava há três meses, uma ótima estreia. Saiu aos 18 minutos do segundo tempo dando o lugar para Alan Patrick-sem nota, que se contundiu logo a seguir e teve de ser substituído aos 26 minutos por Victor Luis-5,5– que deu conta do recado na lateral-esquerda.

Robinho8,0– Bom na criação e marcação e ainda marcou dois belos gols. Mais titular do que nunca!

Allione4,5– Pouco inspirado. Saiu no intervalo dando lugar a Rafael Marques-5,5, que se não deu um show de bola ao menos melhorou o meio-campo alviverde.

Dudu7,0– Após um primeiro tempo discreto, jogou muito no segundo tempo, criando boas jogadas e dando bela assistência para o segundo gol de Robinho.

Cristaldo6,0– Muita garra e dedicação, além de mandar duas bolas nas traves do Capivariano.