Palmeiras vence Bragantino fora e continua 100%

Quatro partidas pelo Paulistão 2018: quatro vitórias, oito gols a favor, apenas dois contra. Eis o resumo da atuação até o momento do Palmeiras no torneio estadual. A nova vitória ocorreu na tarde deste domingo (28) em Bragança Paulista pelo placar de 2 a 0 contra o Bragantino, resultado que consolidou a liderança do time em seu grupo, e os 100% de aproveitamento.

Com Michel Bastos na lateral-esquerda como principal novidade, o Verdão jogou como se estivesse em casa, com direito a muita posse de bola e tentativas de jogadas mais incisivas. Logo a 3 minutos, Dudu chuta forte e o goleiro põe para escanteio, sendo que o mesmo Dudu quase marca de novo logo a seguir.

A partir da metade da etapa inicial, o Bragantino conseguiu dar uma equilibrada na partida, e teve oportunidades de gol aos 34 minutos com Gerlei e aos 39 e 42 com Vitinho. Borja, embora fazendo boa partida no quesito participação e empenho, mostrou-se mal nas finalizações, perdendo pelo menos duas oportunidades de abrir o marcador.

Aos 19 minutos do segundo tempo, Keno, que havia entrado no lugar de Borja há três minutos, aproveitou cruzamento de Michel Bastos e fez o primeiro gol do jogo. Com o placar a seu favor, o Palmeiras teve tranquilidade para dominar as ações, e aos 26 minutos, ampliou o marcador, com Dudu recebendo belo lançamento de Felipe Melo, dominando bem e fazendo um belo gol, típico de quem sabe jogar bola (e como!).

A partir daí, o que se viu foi a equipe treinada por Roger Machado controlando de forma tranquila as ações, praticamente sem ser ameaçado pelo time da casa, que visivelmente sentiu o peso de ter de enfrentar uma equipe tão superior.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Jailson7,0– Muita segurança e tranquilidade durante toda a partida.

Marcos Rocha6,0– Melhorou em relação às partidas anteriores, especialmente no apoio ao ataque.

Antônio Carlos6,5– Soube segurar o ímpeto do ataque do Bragantino.

Thiago Martins6,5– Eficiência e tranquilidade, sem dar chances aos adversários.

Michel Bastos6,0– Muito esforçado, sentiu a falta de jogo, mas mesmo assim deu assistência para o gol de Keno.

Felipe Melo8,0– Desempenho elogiável, com direito a eficiência na marcação e bons lançamentos, incluindo o que resultou no gol de Dudu.

Tchê Tchê6,0– Não brilhou, mas mostrou muita dedicação. Saiu aos 25 minutos do segundo tempo para a entrada de Moisés-5,0, que atuou de forma discreta.

Lucas Lima6,5– Atuação discreta, embora com movimentação e alguns bons passes.

Dudu7,5– Fez um belo gol. Saiu aos 34 minutos do segundo tempo substituído por Guerra-5,5– que ajudou a controlar a bola com o resultado já garantido por sua equipe.

Willian6,5– Muita dedicação e luta para abrir espaços na fechada defesa do Bragantino.

Borja6,0– Muito bem no jogo coletivo, ajudando na marcação, mas falhando muito nas finalizações. Saiu aos 16 minutos do segundo tempo substituído por Keno-7,5, que fez um gol e, só para variar, botou fogo em mais uma partida.