Palmeiras vence Botafogo em pleno Engenhão

Em mais um show de Barcos, que fez dois gols, o Palmeiras conseguiu na noite desta quarta-feira (8) uma mais do que necessária vitória contra o Botafogo no Engenhão (RJ) pelo placar de 2 a 1, em partida válida pelo Brasileirão 2012.

Com a volta de Henrique ao meio-campo e as surpreendentes escalações de Patrik e Obina nas vagas de Daniel Carvalho e Mazinho, o Verdão tomou um susto logo de cara, quando Bruno saiu mal e a bola caiu nos pés de Elkison, que chutou para fora.

Aos 9 e 12 minutos, Patrik recebeu duas ótimas bolas no ataque, mas desperdiçou ambas. Aos 13 minutos, no entanto, o Alviverde Imponente abriu o marcador. Artur fez bom cruzamento, Obina tocou, Barcos matou com tranquilidade e chutou forte.

Se o Palmeiras armava alguns contra-ataques perigosos (Obina perdeu gol feito aos 16 minutos), o Botafogo deitava e rolava pelo setor direito da defesa verde, uma verdadeira avenida proporcionada por Artur e Patrik.

Por sorte, o lateral-esquerdo alvinegro Marcio Azevedo, o melhor em campo do adversário, saiu contundido aos 29 minutos. Pouco antes, Elkison teve duas boas chances, mas Bruno mostrou que a falha inicial havia sido esquecida, com duas grandes defesas.

Na etapa final, Lima, o substituto de Marcio Azevedo, pegou no breu, e a avenida Artur/Patrik acabou cobrando o seu preço ao Palmeiras. Por lá, Lima recebeu boa bola, cruzou livre e encontrou Andrezinho aos 12 minutos, que finalizou com perfeição. 1 a 1.

Aos 17 minutos, Felipão tentou melhorar o meio-campo alviverde substituindo Obina por Daniel Carvalho, que infelizmente teve outra atuação mais do que apagada. Aos 19 minutos, mais uma bela defesa de Bruno, em finalização de Andrezinho.

Aos 21 minutos, Leandro Amaro toma o terceiro amarelo, e será desfalque na próxima partida do Palmeiras, contra o Fluminense.

Quando o torcedor palestrino começava a se preocupar com uma possível virada do adversário carioca, Fernandinho fez belíssima jogada pelo lado esquerdo do ataque alviverde e cruzou para Barcos, que aos 27 minutos finalizou com categoria.

Novamente na frente do placar, o Verdão quase amplia aos 31 minutos, mas o juiz deu um impedimento inexistente e impediu que Barcos fizesse o seu terceiro gol na partida.

Quando o jogo parecia controlado, Andrezinho mandou uma bola na trave do Bruno aos 48 minutos, como se quisesse testar os corações alviverdes. A vitória, no entanto acabou sendo assegurada, na partida de número 400 de Luis Felipe Scolari no comando do Palmeiras.


**********

Ouça também o Torpedo Verde, o nosso boletim (quase) diário…