Palmeiras vence Botafogo e está nas semifinais do Paulistão

palmeiras x botafogo paulista 2015

Por Fabian Chacur

Em partida na qual mostrou muita superioridade em relação ao adversário e na qual foi bastante prejudicado pela arbitragem, o Palmeiras venceu o Botafogo-RP na manhã deste domingo (12) na Allianz Parque pelo placar de 1 a 0, classificando-se para as semifinais do Paulistão 2015.

O Botafogo veio a campo com uma estratégia clara: jogar fechado e parar o jogo com as famosas “faltas táticas”. O Palmeiras procurou sair dessa armadilha virando o jogo e tocando a bola com o máximo de rapidez possível. Foi bem, mas sem muita eficiência nas finalizações.

Aos 21 minutos, Dudu tem a oportunidade de abrir o marcador, mas não consegue arrematar bem, mandando a bola na trave do adversário. Aos 25 minutos, Leandro Pereira chuta bem, mas o goleiro do Botafogo desvia e põe a bola para escanteio, salvando sua equipe de tomar o primeiro gol.

A parte final da etapa inicial se mostrou um pouco mais parada, com o domínio total do time da casa sem se concretizar em chances realmente efetivas de gol, enquanto o time interiorano não mostrava competência para armar contra-ataques que realmente pudessem assustar o adversário.

Com Victor Luis no lugar de Zé Roberto, o Verdão voltou para a etapa final mantendo a superioridade, mas sofrendo com o jogo violento do adversário e com os erros da arbitragem, que deixou de dar dois pênaltis claros em Dudu e permitiu que o Zé Roberto do Botafogo quase fizesse um gol aos 12 minutos, quando estava nitidamente impedido.

A partida enfim se desenrolou para o Palmeiras aos 26 minutos, com jogada iniciada por Valdivia, que lançou Gabriel. O cruzamento do lateral foi perfeito, e Leandro Pereira desviou para o fundo das redes da equipe interiorana. Até o final, a superioridade alviverde prevaleceu,  com toda a justiça.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Fernando Prass6,0– Seguro e efetivo nas horas em que foi acionado.

Lucas6,0– Regular e estável, como tem sido sua marca.

Victor Ramos6,5– Ótimo na marcação e nos desarmes e também nos lançamentos, algo raro em um zagueiro.

Vitor Hugo6,0– Não comprometeu.

Zé Roberto5,0– Bastante discreto. Saiu no intervalo substituído por Victor Luis-5,5, cujo desempenho foi ao menos regular.

Gabriel5,5– Sem grande trabalho pela falta de ofensividade do adversário. Saiu aos 17 minutos do segundo tempo substituído por Valdivia-6,5, que entrou bem na partida e iniciou a jogada do gol da vitória alviverde.

Arouca6,5– Muito participativo em termos defensivos e ofensivos, um dos melhores em campo.

Robinho6,0– Participou bastante do jogo, embora sem aqueles chutes a gol de que tanto gostamos de ver.

Rafael Marques6,5– Muito ativo e buscando o jogo o tempo todo.

Dudu7,5– Foi pra cima dos adversários, criando boas jogadas, mandando uma bola na trave e sofrendo dois pênaltis claros que o juiz não marcou sabe-se lá porque. Saiu aos 44 minutos do segundo tempo substituído por Cleiton Xavier-sem nota, que ficou pouco em campo mas se mostrou bastante promissor, até mesmo chutando uma bola a gol.

Leandro Pereira7,0– Fez um gol de puro oportunismo e se movimentou bastante no ataque alviverde.