Por que só o Palmeiras é que não pode?

O Palmeiras e a Crefisa/FAM anunciaram hoje a renovação do novo contrato de patrocínio, válido por dois anos. Mais do que isso, o Palmeiras tem um parceiro comercial disposto a investir muito dinheiro no departamento de futebol do clube.

Na entrevista coletiva desta quarta-feira, o presidente Maurício Galiotte e a Leila Pereira, presidente da Crefisa/FAM falaram sobre o novo vínculo, cujo valor pode passar de 100 milhões de reais, contando os prêmios e bonificações por conquistas.

A contratação do atacante Miguel Borja, caso seja concluída, será feita com a ajuda financeira da Crefisa. Seria uma ótima forma de começar bem esse novo vínculo, não?

Achei interessante quando o presidente lembrou da importância da gestão anterior. Para quem já se esqueceu, o clube estava literalmente quebrado quando Paulo Nobre, que é desafeto de Leila Pereira, emprestou dinheiro do próprio bolso para o Palmeiras, que não teria como pagar os salários dos jogadores, funcionários, etc…

Com o fortalecimento do AVANTI, a valorização da camisa, a força da torcida no Allianz Parque, o Palmeiras está muito mais forte, sem dúvida. Mas ainda não o suficiente para voar mais alto sem um bom patrocinador.

Qualquer clube no País hoje gostaria de ter um parceiro como a Crefisa, temos hoje a camisa mais valorizada do continente e a parceria tem sido boa para ambos. Se tem algo para ser discutido na parte política do clube, que o façam lá, mas que isso não venha a atrapalhar o bom trabalho que tem sido feito no departamento de futebol.

Também sei que agora os rivais, inclusive nos microfones, vão bater mais forte no Palmeiras e na sua parceira. O palmeirense tem que estar preparado para isso e rebater à altura sempre, com argumentos.

Os endeusados clubes europeus fazem parcerias com empresas, sheiks, mafiosos de todos os cantos e ninguém critica. Tudo é lindo!

Por aqui, todos se calam quando os rivais recebem rios de dinheiro de um banco público (até a Petrobrás já enfiou dinheiro em clube) enquanto os estados e municípios estão quebrados, etc…

Voltando ao começo…por que só o Palmeiras é que não pode ter uma boa parceria?

Abraço a todos!