Palmeiras perde pênalti no final e São Paulo vence

O ano de 2010 não tem sido fácil para o palmeirense. Na gelada noite desta quarta-feira (26), após um clássico tecnicamente medíocre contra o São Paulo, um pênalti em Ivo permitiria ao Verdão empatar contra o defensivo e pragmático adversário.

Coube a Ewerthon, aos 43 minutos, enterrar as esperanças do seu torcedor, em cobrança defendida por Rogério Ceni. Resultado final: adversário 1 x 0 Palmeiras, pela quarta rodada do Brasileiro 2010.

A etapa inicial mostrou o Palmeiras bastante determinado e fazendo boa marcação, mas pecando pelo excessivo número de passes errados, especialmente em seu campo ofensivo.

Por sua vez, o São Paulo jogou tentando se aproveitar dos contragolpes, sua marca registrada. Dessa forma, criou pelo menos três boas chances dessa forma, aos 8 minutos com Dagoberto, aos 18 minutos com Fernandão e aos 46 com Alex Silva, sendo que nas duas primeiras, Marcos fez ótimas defesas.

As melhores oportunidades alviverdes foram criadas por Gabriel Silva, que aos 27 minutos fez ótima jogada e exigiu boa defesa de Rogério Ceni, e Vinícius, que mostrou desenvoltura dentro da área tricolor.

Embora com mais posse de bola, a equipe treinada por Ricardo Gomes fez um número muito maior de faltas para segurar o time de Jorge Parraga. A nota negativa ficou por conta de Cleiton Xavier, que teve de sair aos 32 minutos devido a contusão no joelho.

Antes que se pudesse notar qualquer modificação em relação ao panorama dos 45 primeiros minutos, o atacante Fernandinho fez a festa em cima do hoje fraco Maurício Ramos e cruzou para um Fernandão livre abrir o marcador, aos 8 minutos do segundo tempo.

A partir daí, como se fosse um time pequeno, o time do Jardim Leonor se fechou nas célebres duas linhas de quatro. O Palmeiras até foi para cima, mas errando um milhão de passes e não arriscando chutes decentes a gol, não conseguia criar uma única jogada que levasse real perigo ao inimigo.

Enquanto isso, aos 16 minutos Marcos (sempre ele) faz grande defesa, e aos 27 minutos, chute de Júnior César desvia na zaga e quase engana nosso Santo.

Aos 37 minutos, Ewerthon fez boa jogada pela direita e cruzou, mas Ivo não conseguiu chegar a tempo de definir. Aos 41 minutos, no entanto, o mesmo Ivo foi empurrado por Cicinho. Pênalti, que você já sabe no que deu. Ainda tivemos Marcos indo para a área, com o resultado habitual.

*******

Ouça também o Torpedo Verde, o boletim diário de Mondo Palmeiras.