Palmeiras perde para o Ituano pelo Paulistão

Em partida na qual teve um desempenho bastante irregular e com mais baixos do que altos, o Palmeiras perdeu para o Ituano na cidade de Itu na noite deste domingo (12) pelo placar de 1 a 0. A partida, válida pelo Paulistão 2017, mostrou que ainda estamos longe de mostrar um time entrosado, algo normal para quem está começando um torneio com um novo treinador.

Com Fabiano na lateral e Jean e Guerra no meio, o Palmeiras começou tomando sufoco do Ituano, que teve boa chance logo aos 3 minutos com Claudinho, gerando ótima defesa de Fernando Prass. Logo a 8 minutos, Fabiano infelizmente saiu contundido, com o volante Thiago Santos entrando em seu lugar.

O primeiro arremate a gol alviverde ocorreu aos 10 minutos em chute fraco de Dudu, após bom lançamento de Guerra. Atento, Prass novamente se mostrou em boa forma ao defender um chute forte de Morato. Aos 13 minutos, coube a Zé Roberto evitar o que seria uma finalização perigosa de Morato, novamente.

O Verdão aos poucos conseguiu neutralizar o eficiente time de Itu, e aos 19 minutos conseguiu uma boa oportunidade, com Fábio salvando nos pés de Willian, com Guerra chutando para fora na sequência. Aos 28 minutos, uma bela bicicleta de Simeão, mas o chute saiu fraco, fácil para a defesa de Prass.

Bastante participativo, Róger Guedes recebeu belo lançamento de Dudu e ficou cara a cara, mas chutou para fora, aos 35 minutos. Guerra acertou um novo bom lançamento aos 37 minutos, com Willian finalizando e a bola indo perto do gol. E Prass saiu nos pés de Morato e evitou a última chance do Ituano na etapa inicial.

O início do segundo tempo não poderia ter sido pior. Logo aos 6 minutos, após cobrança de escanteio, Guly cabeceou livre na área alviverde, abrindo o marcador para a equipe interiorana. Keno, que havia acabado de entrar na vaga de Róger Guedes, quase marca aos 11 minutos, em boa cabeçada que passou perto.

A partir daí, a partida se tornou bastante truncada, com o time do Ituano batendo bastante e procurando paralisar o jogo o tempo todo. Por sua vez, o Palmeiras não mostrava organização e inspiração de seus jogadores de criação para superar essa estratégia, o que gerou poucas oportunidades de gol.

Aos 21 minutos, Morato mandou para fora, após boa jogada. Aos 29 minutos, uma boa cobrança de falta por parte do Ituano foi para fora. Aos 34 minutos, Prass rebateu cobrança de escanteio. A última oportunidade do Verdão veio em cruzamento de Willian rebatido por Fábio aos 41 minutos. E foi só.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Fernando Prass7,5– O melhor do Verdão, com pelo menos três belas defesas.

 -Fabiano -sem nota- Foi a surpresa na escalação, mas saiu com apenas 8 minutos do primeiro tempo, contundido. Thiago Santos5,5– entrou em seu lugar e demonstrou a garra e a entrega de sempre.

Edu Dracena6,0– Não foi mal na partida. Saiu aos 25 minutos do segundo tempo, substituído por Alecsandro-3,0, que não foi visto em campo.

Vitor Hugo6,0– Atuação sóbria e bastante equilibrada.

Zé Roberto6,0– Se não brilhou, ao menos foi um dos que mais buscou o jogo.

Felipe Melo5,0– Muita luta e pouca técnica na partida de hoje.

Jean6,0– Um dos mais lúcidos do Palmeiras em campo, embora sem brilhar.

Róger Guedes4,0– Correu bastante e mostrou muita vontade, mas está bastante mal tecnicamente. Saiu aos 10 minutos do segundo tempo substituído por Keno-5,0, que entrou com todo o gás mas aos poucos foi caindo na pasmaceira do resto do time.

Alejandro Guerra5,5– Mostrou bastante potencial e deu alguns bons lançamentos, mas também precisa ganhar ritmo de jogo.

Dudu5,0– Muito abaixo do que sabe jogar.

Willian5,0– Bastante esforço, mas aparentemente está jogando muito fora de sua posição ideal.