Palmeiras perde para o Atlético-PR na Allianz Parque

Mais uma vez, o horário das 11h acaba sendo marcado por uma derrota alviverde. A anterior tinha sido contra o Goiás. Desta vez, foi a vez de o Atlético-PR vencer o Palmeiras na manhã deste domingo (2) na mesma Allianz Parque, perante quase 39 mil torcedores. O gol foi do gordinho Valter.

A configuração da partida se mostrou logo nos primeiros minutos, com o Palmeiras dominando a posse de bola, mas pecando na hora da finalização, enquanto o Atlético-PR ficava fechado na defesa e tentando contra-ataques rápidos baseados em eventuais vaciladas da marcação adversária.

A primeira chance real de gol veio em chute forte de Cryzan que Fernando Prass pôs para escanteio. Rafael Marques arriscou aos 10 minutos para defesa tranquila de Weverton. Aos 15 minutos, Marcos Guilherme arrematou com força, exigindo nova defesa importante do goleiro alviverde.

O Verdão chegou com mais perigo ao gol atleticano aos 20 minutos, em belo chute de Robinho que o goleiro desviou para escanteio. Com o jogo relativamente morno, Gabriel saiu contundido aos 33 minutos, sendo substituído por Andrei Girotto. Leandro Pereira cabecearia para fora aos 41 minutos, enquanto Robinho bateu falta aos 45 minutos que acabou indo para escanteio.

Com Kelvin na vaga de Rafael Marques, o Palmeiras até que iniciou bem a etapa final, com o recém-entrado criando duas boas oportunidades aos 2 e aos 6 minutos. No entanto, o ímpeto alviverde cairia por aí. O time perdeu a disputa no meio-campo, além de não conseguir finalizar uma bola sequer.

O Atlético-PR, mesmo de forma não muito intensa, começou a criar oportunidades de gol. Valter teve umas duas chances, enquanto Marcos Guilherme teve uma e Otávio outra. E aí, aos 30 minutos, o gol. Após cobrança de escanteio, a bola espirrou e ficou nos pés de Valter, que, livre, abriu o marcador.

A partir desse momento, o que se viu foi um Palmeiras desarrumado tentando empatar de forma atabalhoada e o time visitante administrando o resultado. Egídio bateria uma falta aos 47 minutos e Leandro Almeida chutaria para fora aos 49 minutos, mas a verdade é que a equipe alviverde não acertou o gol uma única vez na etapa final. E a derrota acabou se materializando.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Fernando Prass7,0– Fez boas defesas e não teve culpa no gol atleticano.

Lucas5,5– Fez um bom primeiro tempo, mas caiu muito na etapa final.

Victor Ramos6,0– A raça de sempre.

Leandro Almeida4,5– Inseguro e nitidamente fora de jogo.

Egídio6,0– Muito esforçado e participativo, mas tecnicamente abaixo do habitual

Gabriel6,0– Vinha fazendo boa partida até que sofreu uma contusão e teve de sair aos 33 minutos do primeiro tempo, substituído por Andrei Girotto4,0-que errou muitos passes e ajudou o time a perder o duelo no meio-campo.

Arouca5,5– Suou a camisa, mas não jogou o que normalmente joga

Robinho6,5– O mais lúcido do time alviverde, com bons chutes a gols.

Rafael Marques5,5– Sofrendo com efeitos de sinusite, não teve o desempenho habitual, e teve de sair no intervalo, substituído por Kelvin6,0-, que deu uma agitada no ataque e criou algumas oportunidades de gol.

Dudu5,5– Correu bastante, mas com pouco aproveitamento desta vez.

Leandro Pereira5,5– Fez o que pode, mas a bola não chegou. Substituído aos 19 minutos por Lucas Barrios-3,0, que ficou fora da área e não fez rigorosamente nada.