Palmeiras perde do Inter no Pacaembu pelo Brasileirão

Em mais uma partida na qual atuou como um verdadeiro bando desorganizado, o Palmeiras perdeu na noite deste sábado (30) no Pacaembu para o Inter pelo placar de 1 a 0, com direito a nova falha do goleiro Fábio. A derrota escancara novamente a péssima fase da equipe, que não parece ter fim no Brasileirão 2014. Um horror.

Bastante desfalcado e com uma escalação bem ofensiva, o Palmeiras tentou dominar a partida na base do abafa, mas a violência do adversário e a pouca inspiração do meio-campo alviverde permitiram que a partida tivesse um início bastante truncado e repleto de lances feios.

Até que, aos 19 minutos, Dida lança, um jogador do time gaúcho desvia e Jorge Henrique recebe, livre. Fábio sai de forma péssima e permite que o ex-jogador corintiano faça o gol. Logo a seguir, em jogada igual e com nova saída horrível, Aranguis praticamente recua para o goleiro.

Com domínio de jogo, inseguro e sem saber o que fazer com a bola, o Palmeiras novamente proporcionou bom contra-ataque ao Inter aos 35 minutos, com Jorge Henrique (sempre ele) chutando para fora e perdendo gol feito. Aos 36 minutos Leandro chuta a primeira bola ao gol, para fora.

Com apenas mais uma cabeçada para fora, aos 38 minutos, os comandados de Ricardo Gareca continuaram sem criar coisa alguma, e aos 45 minutos Fábio realiza boa defesa em chute de (adivinhe?) Jorge Henrique. E o Inter continuou batendo muito, ridículo para um time tão forte.

Com o inacreditável volante uruguaio Egúren na vaga de Leandro, o Palmeiras voltou para a etapa final da mesma forma, tentando pressionar mas criando pouco. Aos 15 minutos, teve sua melhor chance de empatar, em boa cabeçada de Mendieta que parou nas mãos de Dida.

Marcando forte e apostando em novo erro do adversário para tentar ampliar o marcador, o Inter se perdeu no preciosismo de seus reservas. Por sua vez, o Palmeiras teve a rigor apenas duas oportunidades medianas, ambas com Felipe Menezes, aos 38 e 41 minutos. Mas não deu em nada. Nem a presença de mais de 33 mil torcedores ajudou. Que fase!

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Fábio4,0– Se até fez algumas boas defesas, o goleiro alviverde novamente falha em lance capital.

Weldinho3,5– Novamente aquele festival de erros na defesa e no apoio ao ataque. Até quando?

Lúcio5,5– Muita raça, mas sozinho fica difícil.

Wellington4,5– Fora de jogo, deu o sangue e lutou bastante.

Juninho5,5– Mesmo sem dar um show de bola, foi o mais lúcido dos jogadores do Palmeiras, mas cansou no final.

Marcelo Oliveira5,0– Muita disposição, mas errou passes demais em alguns momentos do jogo.

Mendieta-5,0- Quase fez um gol, mas jogou abaixo do que poderia. Deu sua vaga aos 28 minutos para Felipe Menezes5,0-, que até criou duas chances de gol.

Allione4,0– Sem inspiração alguma.

Leandro2,0– Fraquíssimo. Deu seu lugar para Egúren2,0-, que logo tomou um cartão amarelo e não jogou absolutamente nada.

Cristaldo3,5– Não foi visto em campo, exceto em raros momentos. Fora de jogo demais.

Pablo Mouche4,0– Correu bastante, mas sem grande efetividade. Deu sua vaga aos 21 minutos para Bruno Cesar3,0-, que passeou em campo.