Palmeiras perde do Grêmio pela Copa do Brasil

O Palmeiras perdeu para o Grêmio pelo placar de 2 a 1 na noite desta quarta-feira (28) em Porto Alegre, em jogo válido pelas quartas de final da Copa do Brasil 2016. Com este resultado, o Verdão precisa de uma vitória por 1 a 0 na partida de volta em casa, no dia 19 de outubro, para chegar à semifinal e pegar o vencedor do confronto entre Corinthians e Cruzeiro, que o time paulista ganhou em casa por 2 a 1 no jogo de ida

Mesmo jogando em casa, o Grêmio veio a campo com três volantes e apostando em muita marcação e pensando em contra-ataques. O Palmeiras até que iniciou bem, e aos 8 minutos Zé Roberto arrematou para fora, após bom passe de Gabriel Jesus. Aos 14 minutos, Yerry Mina travou Pedro Rocha na hora certa, pois o gremista estava livre, pronto para arrematar a gol.

Aos 20 minutos, em boa jogada ensaiada após cobrança de falta, Gabriel Jesus ajeitou bem para Moisés, que no entanto chutou fraco e permitiu fácil defesa para Marcelo Grohe. O Grêmio começou a crescer na partida, especialmente devido à marcação no meio-campo alviverde não se mostrar eficiente.

Dessa forma, aos 32 minutos sai o primeiro gol dos gaúchos. Ramiro recebeu bom passe de Douglas e, no lado esquerdo da defesa alviverde, acertou um belíssimo chute, sem a menor chance para Jaílson. A partir daí, o que se viu foi o time da casa atraindo o Palmeiras e se preparando para contra-atacar.

Infelizmente, os comandados por Cuca sentiram o primeiro gol, caíram de rendimento e deram espaços para os adversários. Dessa forma, ficava a torcida para que a primeira etapa acabasse logo, sem um novo gol. Não deu certo. Aos 45 minutos, Pedro Rocha aproveitou rebote de bola que Geromel desviou e bateu na trave, e ampliou o marcador. O pior fim possível.

Com Leandro Pereira na vaga do volante Gabriel, o Palmeiras conseguiu um gol antes do 7 minutos. Pênalti em Gabriel Jesus, que Zé Roberto cobrou com maestria. O Grêmio continuou pressionando, mas claramente sentiu o golpe, pois não conseguia mais acertar jogadas com real perigo.

Os gremistas só assustaram de fato os palmeirenses aos 25 minutos, quando o chute de Luan, complementando boa jogada da equipe gaúcha, passou perto da trave de Jaílson. Aos 40 minutos, Lucas Barrios chutou forte e exigiu bela defesa de Marcelo Grohe. E o resultado acabou se mantendo.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Jailson5,5– Menos seguro do que em partidas anteriores, deu uma certa vacilada no segundo gol gremista.

Fabiano5,5– Bastante esforçado, mas bastante fora de jogo.

Yerry Mina6,0– Não brilhou, mas foi eficiente e lutou muito.

Vitor Hugo5,0– Errou passes, falhou e não mostrou a competência habitual.

Zé Roberto6,5– O mais regular do time, com direito a muita frieza na hora de cobrar o pênalti.

Gabriel4,5– Continua sem ritmo de jogo. Saiu no intervalo substituído por Leandro Pereira-5,5, que deu um certo trabalho à defesa gremista e foi perseguido pelo péssimo árbitro, que toda hora marcava faltas de ataque em jogadas normais dele.

Tchê Tchê5,0– Desempenho sofrível do nosso ótimo motorzinho.

Moisés4,5– Uma de suas piores partidas com o manto sagrado alviverde, errando muitos passes e vacilando na marcação.

Dudu5,5– A entrega de sempre, mas tecnicamente abaixo da média que nos acostumou a presenciar.

Róger Guedes5,5– Lutou bastante e teve alguns lampejos positivos, mas deixou a desejar de novo. Saiu aos 38 minutos do segundo tempo substituído por Lucas Barrios-6,0, que segurou os defensores gremistas e quase faz o gol de empate no final.

Gabriel Jesus6,0- Lutou bastante e sofreu o pênalti que gerou o gol de Zé Roberto, mas ficou pilhado com a violência gremista.