Palmeiras perde da Ferroviária no Allianz Parque

Após uma boa vitória no meio da semana, o Palmeiras voltou a oscilar de forma negativa no Paulistão na tarde deste domingo (28) no Allianz Parque. Tomando um gol aos 48 minutos da etapa final, o time perdeu de virada (mais uma vez no torneio) para a Ferroviária pelo placar de 2 a 1.

Confirmando sua fama de melhor time do interior de São Paulo no momento, a Ferroviária tomou um susto logo ao 1 minuto, com Alecsandro perdendo gol feito, e também aos 7 minutos, quando Robinho chutou forte e o goleiro espalmou. Mas rapidamente a equipe tomou conta da posse de bola.

A primeira boa chance dos interioranos ocorreu aos 9 minutos, com boa defesa de Fernando Prass. Perdendo no quesito posse de bola e pecando pela pouca rapidez nas oportunidades de encaixar um contra-ataque, o Palmeiras se mostrou incapaz de reagir

Alecsandro em bola dividida que foi para fora aos 14 minutos e Gabriel Jesus também vacilando na hora da finalização aos 24 minutos foram os que mais se aproximaram de uma chance real de gol alviverde. A Ferroviária prosseguiu tocando bola e tentando abrir a defesa do adversário, sem pressa.

Aos 40 minutos, Gabriel Jesus faz falta na entrada da sua área. Fernando Gabriel cobrou com perfeição, a barreira abriu e pronto, 1 a 0 para a equipe visitante. O Palmeiras até tentou se aproximar do empate na primeira etapa, mas Alecsandro perdeu outra boa chance, e Robinho desperdiçou uma rara oportunidade em cobrança de falta, pessimamente cobrada.

O segundo tempo chegou e o panorama da partida prosseguiu da mesma forma, só que com a Ferroviária um pouco menos empenhada. Aí, aos 17 minutos, dois jogadores saíram do banco para ajudar seu time a empatar: Rafael Marques recebeu de Robinho e passou para Cristaldo, que fez o gol.

A partir daí, o Palmeiras manteve a posse de bola, mas esbanjava incompetência na hora de criar jogadas realmente incisivas, enquanto a Ferroviárias continuava especulando algo, sem muito empenho. Na parte final da partida, no entanto, a equipe interiorana percebeu que poderia ganhar, e correu mais.

Após perder pelo menos duas oportunidades de definir a partida, o Palmeiras possibilitou ao adversário contra-ataques. No segundo deles, Rafinha ficou na cara do gol e, aos 48 minutos, já nos acréscimos, portanto, definiu mais uma derrota em casa para time pequeno no Paulistão do time alviverde.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Fernando Prass6,0-Pelo menos duas defesas importantes. Não teve culpa nos dois gols que tomou.

Lucas4,0– Fraco no apoio e fraco na defesa. Precisa melhorar.

Vitor Hugo6,0-Possivelmente o melhor do time, mas vacilou no segundo gol da Ferroviária.

Roger Carvalho4,5– Muita raça, mas não inspira muita confiança ainda.

Zé Roberto5,5– Muita garra e disposição, mas errou muitos passes.

Thiago Santos4,5– Esforçado e dedicado, mas não acerta um passe na parte ofensiva. O último que errou custou o gol da derrota da sua equipe.

Jean4,0– Desempenho bem abaixo do que se espera dele. Saiu aos 16 minutos do segundo tempo substituído por Rafael Marques-5,0, que deu o passe para o gol do Palmeiras e foi melhor do que em outras partidas, embora ainda fraco.

Robinho5,0– Iniciou a jogada do gol, mas muito fraco nas bolas paradas.

Gabriel Jesus4,0– Estabanado, fez a falta que gerou o primeiro gol do adversário, além de perder muitas bolas no ataque. Foi substituído aos 31 minutos do segundo tempo por Erik-sem nota, que não foi visto em campo.

Dudu5,0– Muito irregular, mas acertou alguns passes importantes.

Alecsandro4,0– A bola não chegou, mas as que chegaram ele perdeu. Saiu aos 16 minutos do segundo tempo substituído por Cristaldo-6,0, que fez um gol logo que entrou e lutou muito, como de praxe.