Palmeiras pega Ipatinga para lutar pela volta ao G 4

Se há um time que está na garganta da torcida alviverde, ele atende pelo nome de Ipatinga. Desde que fomos eliminados da Copa do Brasil de 2007 graças a erro bizarro da arbitragem (mandou voltar pênalti defendido licitamente por Diego Cavalieri), a equipe mineira entrou naquele hall de adversários odiados, do tipo Inter de Limeira, Bragantino e outros do mesmo naipe.

Pois hoje, às 16h, no estádio deles, o Palmeiras pode não só empurrá-los cada vez mais para a segundona do brasileirão, como também retornar ao G 4. Ou seja, aquela famosa combinação de unir o útil ao agradável.

Foram relacionados 21 atletas para a viagem rumo a Minas Gerais: Marcos e Bruno (goleiros); Elder Granja, Fabinho Capixaba, Leandro e Jefferson (laterais); Jeci, Gladstone, Jumar e Martinez (volantes); Valdívia, Diego Souza, Evandro e Maicosuel (meias) e Kleber, Alex Mineiro, Denílson e Lenny (atacantes). Pierre continua de fora, recuperando-se de problema pessoal, e Leo Lima cumpre suspensão pela expulsão contra o Flamengo. É, e Wendel não foi relacionado, algo que particularmente não consigo aceitar.

Com esses atletas em mãos, a provável escalação do time treinado por Vanderlei Luxemburgo deve ser a seguinte: Marcos, Elder Granja, Jeci (Gustavo), Gladstone e Leandro; Sandro Silva, Martinez (Jumar), Diego Souza e Valdívia; Kleber e Alex Mineiro. Em 2007, jogamos duas vezes contra o Ipatinga, na Copa do Brasil: derrota de dois a zero na casa deles e vitória de dois a zero na nossa.

Embora fraco, o time mineiro já arrancou pontos de Cruzeiro e São Paulo, e não pode de forma alguma ser menosprezado. Jogar contra equipe que foge da zona do rebaixamento é sempre um parto de dinossauro, mas a confiança no Verdão é grande, neste finalzinho de primeiro turno. Só para lembrar, nossos últimos jogos nessa fase do torneio serão contra Vitória (casa) e Botafogo (fora).