Palmeiras não pediu ajuda a José Serra

Causou estranheza junto à diretoria de futebol do Palmeiras e ao presidente Affonso Della Monica Netto reportagem desta quarta-feira, no caderno de esportes da Folha de S.Paulo, a qual afirma que existe a possibilidade do segundo jogo das semifinais do Campeonato Paulista, entre Palmeiras e São Paulo, acontecer em Ribeirão Preto e não no Morumbi.

Diz a reportagem: “Se isso acontecer, vai contrariar o desejo da Promotoria, da federação e do São Paulo, que preferiam o confronto no Morumbi. Mas vai atender à vontade do Palmeiras, que pediu até a ajuda do governador José Serra, torcedor do clube, para atuar no interior”.

Muito nos orgulha o fato do governador do Estado ser torcedor do Palmeiras. Mas jamais o clube recorreu à “ajuda do governador”, como diz a reportagem. A diretoria do Palmeiras é formada por advogados de renome,  que sabem defender muito bem os interesses do clube, sem precisar da ingerência de qualquer autoridade política, seja ela de que esfera for.

Fonte: Assessoria de Futebol da S.E Palmeiras