Palmeiras joga mal e perde de virada do Santos na Vila

arouca palmeiras x santos 2015-600x

Por Fabian Chacur

Após um bom início, com direito a gol e tudo, o Palmeiras caiu de rendimento e acabou perdendo seu segundo clássico em 2015 na noite desta quarta-feira (11) na Vila Belmiro. O Santos soube aproveitar as chances que criou e ficou com a vitória pelo placar de 2 a 1, em partida válida pelo Paulistão 2015.

A partida começou com o Verdão indo para cima e pressionando bastante o time da casa. A estratégia deu resultado logo aos 7 minutos. Robinho bateu escanteio e Vitor Hugo cabeceou de forma certeira, abrindo o marcador a favor do time da capital. O Santos não sentiu o gol e logo veio para cima.

Jogando com muita velocidade e abrindo espaços na defesa alviverde, o Santos foi chegando e criou boas oportunidades aos 19 minutos com Geuvânio e aos 20 minutos com Lucas Lima, enquanto Allione aos 14, Dudu aos 25 e Zé Roberto aos 26 minutos poderiam ter ampliado para o Verdão.

Aos 26 minutos, no entanto, o Santos foi mais eficiente e empatou a partida, em boa jogada de Ricardo Oliveira pelo lado direito da defesa alviverde. Ele cruzou para Renato, que entrou livre e finalizou sem chances para Fernando Prass. A equipe praiana quase vira em mais três boas oportunidades.

O Santos voltou melhor para a segunda etapa, e seu segundo gol amadurecia a cada novo minuto. Aos 14 minutos, Allione deu sua vaga a João Paulo. Logo a seguir, aos 16 minutos, o gol santista. Ricardo Oliveira recebe na área, livra-se de Vitor Hugo e toca com categoria na saída de Prass.

A partir daí, a partida, que primava pela rapidez e surgimento de boas oportunidades de gol, caiu bastante, com o Palmeiras tentando de forma burocrática chegar ao empate e o time de Ricardo Oliveira pouco inspirado para encaixar um contra-ataque que matasse de vez a partida. E o final acabou sendo o segundo clássico perdido pelo Palmeiras em 2015.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Fernando Prass6,0– Boas defesas, não teve culpa nos gols santistas.

Lucas5,0– Fraco na tentativa de segurar a rapidez do ataque adversário.

Tobio5,0– Deixou a desejar.

Vitor Hugo5,5– Fez um gol, mas falhou no tento que decidiu a partida.

Zé Roberto6,0– Muito esforçado, mas tecnicamente abaixo do que pode realizar.

Gabriel4,5– Perdeu o duelo no meio-campo contra os atletas adversários.

Arouca5,0– Muita disposição, mas ainda se mostra fora de jogo e sem ritmo.

Robinho5,5– Abaixo do desempenho nas partidas anteriores, embora tenha feito a assistência que resultou no gol alviverde. Saiu aos 36 minutos do segundo tempo substituído por Gabriel Jesus-sem nota, que tentou correr mas pegou o time totalmente arriado.

Allione4,0– Burocrático e apagado. Saiu aos 14 minutos dando seu lugar a João Paulo-4,0, que não jogou nada e ainda foi pé-frio, pois o time tomou o segundo gol logo após a sua entrada.

Dudu6,0– Buscou o jogo e tentou de todas as formas criar jogadas, mas não estava muito inspirado em termos técnicos.

Cristaldo3,0– A bola não chegou, mas ele fez certamente sua pior partida no ano. Substituído aos 20 minutos do segundo tempo por Leandro Pereira-4,0, que também não foi lá essas coisas.