Verdão joga como sempre e perde mais uma

Quem achava que o Palmeiras ia entrar com o time reserva e entregar o jogo para o Fluminense, se deu mal.

Entramos com boa parte dos “titulares” em campo, jogamos como de costume e perdemos mais um jogo no Campeonato Brasileiro, desta vez o placar foi de 1×2.

Felizmente, desta vez, a derrota era o justamente o resultado que a torcida palmeirense esperava, mas tomamos um susto.

Logo aos 4 minutos, o atacante Dinei resolveu fazer o que quase não fez o ano inteiro. Marcou um gol de fora da área, uma bomba, um golaço mesmo!

O gol caiu como uma bomba para a torcida palmeirense que ficou nervosa. Os rivais comemoraram no Pacaembu.

O Fluminense não se abateu e chegou ao gol de empate aos 18 minutos, com Carlinhos, também de fora da área.

Aos 31, o meia Deco sentiu a coxa, e saiu de campo. Mesmo assim, o Fluminense dominou a partida até o final da primeira etapa, e só parou nas defesas de Deola, o melhor jogador da partida.

O gol da vitória veio com Tartá, aos 13 da segunda etapa. Gol bonito, chute cruzado no canto direito.

Foi também um cruzado no queixo na “turma da ética” que clamava por uma vitória palmeirense, e é claro, no rival da marginal que entregou descaradamente um jogo para o Flamengo no ano passado, e começou com toda essa palhaçada no futebol brasileiro.

Depois do gol, o time carioca tirou o pé, e o Palmeiras (com Lenny em campo) foi a mesma porcaria de quase todos os jogos do Brasileirão.

Um futebol digno de um décimo colocado.

Abraço a todos!