Palmeiras joga bem e empata contra Inter no Sul

Por Fabian Chacur

Flavio Canuto é um pé quente, sem sombra de quaisquer dúvidas. Quando fez 18 anos, ganhou de presente o título que seu clube não faturava há quase 17 anos.

Na tarde deste domingo (12), em mais um níver do Fraldinha da Turma do Amendoim, por pouco o Palmeiras não lhe dá um novo e valioso presente.

Em ótima partida, o Alviverde Imponente acabou deixando escapar a vitória em pleno estádio Beira-Rio, contra o Internacional. O empate de 2 a 2 acabou sendo um bom resultado, apesar dos pesares.

Na etapa inicial, as duas equipes mostraram muito poder de marcação, mas surpreendendo aos céticos, foi o Palmeiras quem mostrou maior poder de criação de jogadas.

Marcos Assunção, só para variar, esteve bem próximo de marcar, com duas excelentes cobranças de falta aos 12 e aos 39 minutos e em cobrança de escanteio aos 27m, todas defendidas por Renan.

Do lado do Inter, Leandro Damião foi quem trouxe mais perigo à meta alviverde, exigindo pelo menos uma ótima defesa de Marcos.

Aos 38 minutos, Gabriel Silva não teve como continuar na partida, sendo substituído por Chico.

A segunda etapa acabou confirmando o clima ofensivo inicial, mas desta vez, com gols, para alegria dos quase 22 mil torcedores presentes.

Aos 5 minutos, enquanto Danilo estava estirado no gramado, o Inter veio para cima, sem querer saber de fair play, e abriu o marcador, quando Márcio Araújo tentou se antecipar a Leandro Damião e acabou botando a bola no ângulo de Marcos.

Sem se abalar, o Palmeiras continuou tocando bem a bola e criando jogadas. Aos 9 minutos, Marcos Assunção cobrou falta e, em jogada confusa na área gaúcha, Rodrigo acabou marcando contra e empatando a partida.

O Palmeiras continuou melhor, e aos 20 minutos, Luan deu um belo drible em Nei e chutou forte e cruzado, virando o placar a nosso favor.

Aos 26 minutos, entrou Lincoln no lugar de Patrik.

Quando o jogo parecia decidido a nosso favor, a equipe treinada por Paulo Roberto Falcão conseguiu um escanteio.

Após a cobrança, Rodrigo desviou, a bola ficou viva na área e Leandro Damiano castigou Flávio Canuto e toda a Nação Alviverde, empatando a partida aos 45 minutos. Paciência! Ainda faltam 34 rodadas para o campeonato acabar…

Obs.: parabéns, presidente vitalício do Canuto All Stars!