Palmeiras goleia o Sport na Allianz Parque

Após um primeiro tempo muito fraco, o Palmeiras voltou com mais força e, graças a um bom desempenho de Dudu e de dois gols do contestado Deyverson, o Sport acabou sendo goleado pelo placar de 5 a 1 na noite desta quinta-feira (16) perante 18.744 pessoas que estiveram na Allianz Parque, em partida válida pelo Brasileirão.

Com Jean no posto de Mayke, o Palmeiras entrou sem muita empolgação perante o desesperado Sport, que foi quem tentou ir pra cima. Aos 6 minutos, Patric cabeceou para fora, após cruzamento no qual a defesa alviverde ficou olhando. Aos 8 minutos, Prass desviou um cruzamento perigoso, e André teve a chance de abrir o marcador, mas chutou longe.

Aos 25 minutos, em mais um dos inúmeros erros de passe cometidos pelo Verdão na etapa inicial, surge uma jogada finalizada de cabeça por Diego Souza, que estava livre e felizmente mandou para fora. Aos 26 minutos, Deyverson chegou atrasado em uma rara oportunidade alviverde.

Aos 29 minutos, Raul Prata mandou uma bomba de meia distância, obrigando Fernando Prass a realizar uma grande defesa, desviando para escanteio. Aos 33, esse goleiro que alguns acham estar velho demais para defender as hostes alviverdes fez outra grande defesa, enquanto a única oportunidade mais ou menos do Palmeiras foi perdida por Keno, aos 46 minutos, em cabeçada errada.

Logo a 50 segundos do segundo tempo, Marquinhos perde um gol feito, após cruzamento de Diego Souza. Um belo susto. Mas o time mostrou poder de reação e aos 5 minutos Jean chuta de longe, com a bola passando por cima. Aos 7 minutos Keno quase marca, enquanto Deyverson perdeu um gol simplesmente incrível aos 9 minutos, após lançamento de Moisés.

Quando o jogo poderia ter se complicado, Dudu resolveu, com um belo cruzamento pelo setor direito do ataque alviverde que foi bem finalizado, desta vez, por Deyverson. Aos 18 minutos, veio o segundo gol, com Dudu batendo escanteio e Luan cabeceando com estilo para o fundo das redes adversárias.

Aos 30 minutos, Diego Souza bate falta e exige boa defesa de Prass. Aos 31 minutos, Deyverson marca de novo, aproveitando rebote de um chute de Keno. O Sport até tentou reagir, com um gol de cabeça de Diego Souza, aos 38 minutos. Prass fez outra defesa difícil aos 43 minutos, em chute de Rogério.

Aí, com o Sport inteiro no ataque, a porteira pernambucana abriu de vez, e o Verdão soube aproveitar. Dudu, aos 44 minutos, em boa jogada individual, e Keno, em um contra-ataque rápido e fatal, deram números finais a uma goleada que não parecia muito possível em alguns momentos da partida.

 

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Fernando Prass8,0– Muito seguro, fez grandes defesas e possibilitou a vitória que depois virou goleada.

Jean5,5– Lutou bastante, mas ainda está meio fora de jogo. Mas melhor do que o Mayke nas partidas anteriores.

Edu Dracena6,5– Seguro e com muita dedicação. Saiu contundido aos 20 minutos do segundo tempo substituído por Antônio Carlos-5,5, que mesmo há muito tempo sem jogar deu conta do recado.

Luan6,5– Mal no primeiro tempo, melhorou no segundo, com direito a um gol importante e decisivo.

Michel Bastos6,5– Partida consistente.

Felipe Melo6,0– A vontade e a dedicação habituais. Saiu aos 39 minutos do segundo tempo substituído por Thiago Santos-sem nota, que entrou com o placar já garantido e não precisou fazer muita coisa.

Tchê Tchê5,0– Errou muitos passes e vacilou na cobertura no lado direito da defesa alviverde. Melhorou um pouco no segundo tempo.

Moisés6,0– Se não brilhou, ao menos deu um belo lançamento para Deyverson marcar o primeiro gol alviverde. Saiu aos 31 minutos do segundo tempo substituído por Willian-5,0, que se esforçou, mas não esteve em uma noite muito inspirada.

Dudu8,5– Após um primeiro tempo só regular, arrebentou na segunda etapa, com direito a assistências e a um gol.

Keno6,5– Muita luta e um gol de puro oportunismo e velocidade.

Deyverson7,0– Dois gols e muita entrega. Não merece ser humilhado, como alguns fazem com ele, tanto que chorou após o primeiro gol.