Palmeiras goleia e avança na Copa do Brasil

Sem Lenny e CX10, o Palmeiras foi de Dayvid Sacconi e Marquinhos para fazer a sua obrigação: bater o Flamengo-PI. E  bateu mesmo. Goleou. 4×0.

O primeiro gol veio graças ao destrambelhado zagueiro Serginho, que logo aos dois minutos cometeu um pênalti escandaloso sobre o meia Deyvid Sacconi. Robert foi lá, cobrou, e fez o primeiro dele.

Aos 16 minutos, o “ex-francês” Deyvid Sacconi recebeu um belo passe do Marquinhos, mas perdeu um gol feito, era só driblar o goleiro. Dez minutos depois, numa cobrança de escanteio onde o goleiro falhou duas vezes, o zagueiro artilheiro Léo cabeceou  e marcou mais um.

Num raro lance criativo, aos 35 minutos, Sacconi enfiou uma bela bola para Robert, sozinho, fazer o seu segundo gol (o quarto em duas partidas).

Na segunda etapa, em ritmo de treino, o técnico Antonio Carlos fez algumas alterações na equipe, dando chances a outros jogadores. Souza voltou no lugar de Léo; depois Robert saiu para a entrada de William, e Diego Souza deu lugar para o recém-chegado Ivo.

Aos 28 min, o estreante Ivo “Pitanguy” deu um passe cirúrgico para Edinho marcar um golaço, de sem pulo. Um “voleio  voador”, como diria Raul Bianchi.

Jardel, o “carrasco do Palmeiras”, como andaram dizendo por aí, foi uma das atrações da partida mesmo sem jogar. O coitado se contundiu enquanto estava no aquecimento, e voltou para o banco de reservas.

Depois de resolver completamente a partida, o Palmeiras se poupou para o jogo do Campeonato Paulista, que será no domingo contra o Rio Claro, fora de casa.

Abraço a todos!

uol_logoClique aqui para ouvir a Rádio Mondo Palmeiras – Edição 168.