Palmeiras ganha, mas tarde demais

chamada24.gif

Em Sorocaba, pela última rodada do Paulistão 2007, o Palmeiras conseguiu uma boa vitória contra o São Bento, pelo placar de três a zero. Pena que, na mesma hora, o Bragantino venceu o Barueri por dois a um, e acabou ficando com a derradeira vaga para a fase semifinal do campeonato.

Com isso, o primeiro semestre termina para a equipe de Parque Antarctica, com resultados nada satisfatórios, em termos numéricos, mas alentadores, se levarmos em conta que, ao menos, um time consistente está sendo formado. Nossa próxima partida ocorrerá ironicamente no próximo 13 de maio, Dia da Libertação dos Escravos. Bom presságio? Só o tempo irá dizer.

Quanto à partida, pode-se dizer que o time de Caio Jr. ganhou como quis, e quando quis, em função da indigência da equipe da Manchester (brrrrrr!!!!) Paulista, que bateu uma barbaridade e não jogou praticamente nada, mesmo tendo perdido algumas chances de gol.

Como destaques, Valmir, que não tem medo de cara feia e vai pra cima dos adversários, mesmo apanhando muito, e Michael, que, sem Edmundo por perto, assumiu a função de comandante da criação verde. Valdívia mais uma vez foi discreto, embora tenha dado um passe perfeito para o primeiro gol, feito no finalzinho do primeiro tempo por, adivinhe?

É, ele mesmo, Osmar, o tal do grosso, que, no entanto, faz seus gols, sim. No segundo tempo, William (jogador Mondopalmeiras, ehehehehe) fez o segundo, e Osmar (de novo!), de pênalti, completou o placar. Aliás, não existe “se” no futebol, mas e se ele tivesse batido aquele pênalti contra o Ipatinga, ao invés do Edworld? Nunca saberemos.

De qualquer forma, acabou o Paulistão 2007 para nós. Encerramos o campeonato na quinta colocação, com 10 vitórias, 5 empates e 4 derrotas, 39 gols a favor, 25 contra, saldo favorável de 14 tentos. Perdemos a vaga no saldo de gols, pois o Braga empatou conosco nos outros critérios, mas teve 18 gols favoráveis de SG.

Pouco para um time com a nossa tradição, mas muito para quem, em 2006, encerrou o Brasileirão em um patético 16º lugar, com saldo negativo de gols durante toda a competição e tudo. Temos uma base sendo formada, e bem formada, com alguns jogadores indiscutivelmente bons: Diego Cavalieri, David, Dininho, Pierre, Martinez, Michael, William, Valdívia (se parar de fazer onda e jogar mais, diga-se de passagem), Valmir…….Saindo do foco da mídia, da pressão toda, essa garotada tem tudo para dar liga.

E adorei a reação da torcida em Sorocaba, após a partida, aplaudindo a garra da equipe.Cada dia que passa, fico mais apaixonado pela Nação Alviverde! Em breve, estaremos comemorando títulos de novo, pois merecemos isso. Cabeça erguida, galera, Palmeiras, nossa vida é você!