Palmeiras estreia com vitória na Libertadores 2018

Nem o torcedor mais otimista poderia imaginar uma estreia melhor do Palmeiras na Libertadores 2018, que ocorreu na Colômbia, na noite desta quinta-feira (1º). Mesmo sem empolgar, o Verdão soube se impor ao Junior Barranquilla e venceu pelo placar de 3 a 0, sendo o primeiro time brasileiro a vencer na atual versão do torneio. Com o empate entre Boca Juniors e Alianza Lima, o resultado nos dá a liderança de nosso grupo.

Com bastante empolgação, o Junior Barranquilla começou o jogo com todo o gás, e Jailson teve de fazer duas boas defesas logo a 6 e a 7 minutos. No entanto, German Gutierrez entra de forma violenta em Bruno Henrique (a surpresa da escalação) e toma o cartão vermelho aos 8 minutos, mudando um pouco a configuração que a partida estava tomando até então.

Apenas aos 16 minutos o Verdão chegou com um pouco mais de perigo, em cruzamento de Dudu que passou perigosamente à frente do gol colombiano e foi para fora. Aos 18 minutos, o mesmo Dudu deu um lançamento perfeito para Bruno Henrique, que, dentro da área, mandou um balaço, sem chances para o goleiro.

Tentando tocar a bola e retê-la por mais tempo, o Palmeiras teve novas chances aos 23 e 30 minutos, ambas desperdiçadas por Willian. Valente, o time da casa aproveitou algumas vaciladas alviverdes e criou oportunidades aos 32 e 41 minutos, com Alves, e aos 42 minutos, quando Victor Luis salvou de forma cirúrgica uma bola dentro da nossa área.

O Palmeiras voltou para a etapa final tocando melhor a bola, e logo a 2 minutos o goleiro adversário se desdobrou e salvou uma oportunidade antes de Willian chegar para concluir. Aos 6 minutos, Borja aproveitou o rebote de um chute de Lucas Lima e, de voleio, marcou um golaço.

Com a vantagem ampliada, os comandados de Roger Machado passaram a sustentar a posse de bola como estratégia. O time da casa até tentou aos 13 e 22 minutos, mas nada conseguiu. E aos 25 minutos, mais uma vez Bruno Henrique acertou um belo chute e marcou o terceiro gol alviverde.

A partir daí, o Verdão deu uma relaxada, e chegou a hora de Jailson mostrar serviço e também provar que tem sorte. Antes, aos 37 minutos, Thiago Santos perdeu um gol incrível. Aos 38 minutos, Jailson fez boa defesa. Logo a seguir, aos 40 minutos, viu o atacantes Alves chutar por cima um pênalti meio suspeito que Marcos Rocha teria feito. E nosso goleiro ainda faria mais uma grande defesa, desta vez em chute do mesmo Alves.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Jailson7,5– Mostrou que continua seguro como de praxe, com direito a boas defesas.

Marcos Rocha7,0– Ótima partida tanto no apoio como na parte defensiva.

Antônio Carlos6,5– Deu conta do recado.

Thiago Martins6,0– Discreto e eficiente.

Victor Luis5,5– Muito esforçado, mas errou passes demais, especialmente no primeiro tempo. Depois, melhorou um pouco.

Felipe Melo5,0– Errou muitos passes e quase dá um gol aos adversários por causa de um toque de letra na hora errada.

Bruno Henrique8,0– Sua entrada foi uma surpresa, e não poderia ter sido melhor, com direito a dois belos gols e um desempenho ótimo. Saiu aos 27 minutos do segundo tempo substituído por Thiago Santos-5,0, que entrou com o jogo ganho e perdeu um gol incrível.

Lucas Lima5,5– Bem abaixo do seu habitual na primeira etapa. Melhorou na etapa final, e foi substituído aos 23 minutos por Guerra-6,0, que deu uma bela assistência para o gol de Borja.

Dudu-8,0- Desta vez, tivemos o Dudu de seus melhores momentos, com direito a assistência para gol e muitas jogadas efetivas.

Willian6,0-Correu bastante, embora sem muito brilho no decorrer da partida.

Borja7,0– Mostrou seu faro de artilheiro com um golaço e bastante garra. Saiu aos 31 minutos do segundo tempo substituído por Gustavo Scarpa-sem nota, que entrou com o jogo já decidido e não conseguiu mostrar muita coisa.