Palmeiras encerra primeiro turno empatando no Palestra

O Palmeiras não fez uma boa partida no encerramento do primeiro turno do Brasileirão. Por sua vez, os jogadores do Botafogo correram muito, em função da estreia de Estevan Soares. Esses dois fatores foram fundamentais para o resultado de 1 a 1 na partida de hoje no Estádio Palestra Itália. Com o mesmo, o Verdão encerrou sua campanha na metade inicial do campeonato com 37 pontos, obtidos através de 10 vitórias, 7 empates e 2 derrotas, 31 gols pró e 17 contra.

A surpresa na escalação alviverde ficou por conta de Edmilson, que sentiu algo antes da partida e ficou de fora, substituído por Sandro Silva. Até o meio da etapa inicial, erramos muitos passes e caímos na marcação forte (e por vezes violenta) do Botafogo. Nossa melhor chance surgiu aos 8 minutos em cobrança de falta de Cleiton Xavier, que o hoje apagado Diego Souza cabeceou para fora. O Botafogo abriu o marcador aos 23 minutos. Lúcio Flávio cobrou falta para a área, a defesa alviverde vacilou e André Lima finalizou de primeira, não dando chances a Marcos.

Para nossa sorte, o fraco árbitro Cláudio Mercante preferiu não dar um possível pênalti de Pierre em Lúcio Flávio aos 27 minutos. Aos 30, Cleiton Xavier cobrou nova falta na área, e desta vez, Danilo se antecipou e desviou do goleiro do Botafogo, que saiu mal. Empate na hora certa. Mas o time continuou errando freqüentemente o último passe e concluindo pouco a gol. Armero voltou muito mal, e foi o destaque negativo.

Na segunda etapa, entramos totalmente desarrumados em campo, e o Botafogo criou pelo menos três chances claríssimas de gol nos três primeiros minutos. No entanto, a oportunidade mais escancarada do jogo surgiu aos 8 minutos em contraataque rápido do Verdão. Diego Souza ficou totalmente livre.

Mas, de forma bisonha, praticamente recuou a bola para Flávio. Muricy foi à loucura, no banco de reservas. Armero chutou forte aos 14 para ótima defesa de Flávio. As bolas paradas continuaram gerando bons momentos, com Cleiton Xavier aos 13 e aos 32 minutos cobrando faltas que levaram perigo ao gol do Botafogo. Aos 23 minutos, Cleiton Xavier recebe livre e ia fazer o gol quando o bandeira assinalou impedimento inexistente.

Aos 27, Ortigoza chutou forte para outra boa defesa de Flávio. Robert e Daniel entraram. O primeiro esteve totalmente apagado, mas o segundo agitou bastante, partindo para cima dos zagueiros adversários e conseguindo pelo menos duas faltas perigosas para o Verdão. Aos 44, perdemos nossa última chance de gol. Duas más notícias: Diego Souza e Wendel tomaram o terceiro amarelo, e não jogam a partida de quarta contra o Coritiba.

uol_logoClique aqui para ouvir Mondo Palmeiras no UOL Mais (link alternativo).