Palmeiras encara mais uma decisão em Goiânia

Aparentemente é um jogo fácil. Teremos uma boa quantidade de torcedores no Serra Dourada, vamos encarar um adversário que está praticamente rebaixado no Campeonato Brasileiro, e quase todos os nossos principais jogadores estarão em campo.

Na prática, a teoria é outra. Há um bom tempo sem um título importante, e com a obrigação de trazer um bom resultado de Goiânia, o Palmeiras vai para este primeiro jogo da semifinal da Sulamiranda com uma responsabilidade muito maior que o dono da casa, que entra como franco atirador.

“Não somos favoritos. O Goiás joga em casa e é muito forte ao lado da sua torcida. Mas a gente vai preparado e com muita força. Sabemos que o primeiro jogo também é importante e vamos tentar de tudo para tentar voltar com gols na bagagem”, desconversou  Marcos Assunção, nossa eterna esperança de gols nas bolas paradas.

A zaga será formada pela dupla Maurício Ramos e Danilo. Márcio Araújo deve continuar improvisado na lateral. Tinga e Lincoln serão os responsáveis pela armação do time, e lá na frente, o ataque será formado por Kleber e Luan, que tem feito seus gols.

O apito fica a cargo de Evandro Rogério Roman, que é garantia de fortes emoções. Mas parece que desta vez a diretoria já está se precavendo contra os absurdos deste árbitro.

A TV Globo, mais uma vez mostrando o seu descaso com a torcida palmeirense, não transmitirá a partida para os torcedores de fora do estado de São Paulo.

No mesmo horário da partida, será exibida a obra prima do cinema “Ó pai Ó”. Mas você também pode acompanhar o Palmeiras em campo através da Web Rádio Verdão, a partir das 21:45, com a narração de Gomão Ribeiro e os comentários de Raul Bianchi.

O provável time que vai a campo é o seguinte:

Deola; Márcio Araújo (Vitor), Maurício Ramos, Danilo e Gabriel Silva; Edinho, Marcos Assunção, Tinga e Lincoln; Kleber e Luan.

*****

Ouça também o Torpedo Verde, o boletim diário de Mondo Palmeiras.