Palmeiras encara Galo para continuar na frente

A vitória de um a zero do Verdão contra o Sport Ancash, do Peru, na noite da última quarta-feira pela Copa Sul-americana, deixou uma seqüela no elenco alviverde. O estreante Roque Júnior saiu sentindo dores na coxa esquerda, e poderá não estar no elenco que encara o Atlético Mineiro hoje às 16h no Palestra Itália.

Esta é a dúvida que o técnico Wanderlei Luxemburgo deixou no ar em relação ao time que irá a campo. De resto, devemos ter Marcos (com a camisa 400 – ao lado), Gustavo, Maurício (Roque Júnior) e Martinez; Elder Granja, Pierre, Sandro Silva, Diego Souza e Leandro; Kleber e Alex Mineiro.

A equipe fez apenas um rachão na tarde de ontem, sem a participação de Roque Júnior.

Será a primeira partida do Verdão defendendo a liderança conquistada na rodada anterior, e o que não falta é gente secando e tentando criar clima negativo, vide matéria publicada ontem na Folha de S.Paulo que dava a entender que o clube está quebrado em termos financeiros, o que não é verdade.

Por sua vez, a derrota de nossa equipe contra o time mineiro no Palestra Itália em 2007 por 3 a 1 foi bastante reprisada por algumas emissoras de tevê, tentando criar um clima de “maldição do Galo”. Só que em 56 jogos entre ambos, vencemos 31, empatamos 8 e perdemos 17, com 82 gols a favor e 59 contra. Ou seja, nosso retrospecto é dos melhores.

Luxa optou por deixar o grupo concentrado desde quinta-feira, como forma de ficar focado no confronto de hoje. Os jogadores deverão ser dispensados logo após a partida e folgarão no domingo, voltando aos treinos na segunda, com viagem marcada para a noite do mesmo dia rumo a Florianópolis, onde jogaremos às 22h de quarta feira contra o Figueirense, na seqüência do Brasileirão.