Palmeiras encara crise do Inter em Porto Alegre

Se vem obtendo excepcional desempenho dentro de casa, o Palmeiras não tem sido tão eficiente fora. Hoje, às 22h ou depois da novela global, a equipe treinada por Vanderlei Luxemburgo terá uma boa oportunidade de começar a reverter tal situação.

O adversário será o Internacional, em Porto Alegre. Os comandados de Tite vivem momento difícil, e não conseguiram ainda engrenar na competição, mesmo com um bom elenco, no papel. Pior: sofreram uma goleada contra a equipe do Vasco da Gama, no final de semana, perdendo por quatro a zero. Um adversário que, mesmo assim, pode complicar para nós, se nossa equipe não jogar com garra e seriedade.

Por uma infeliz coincidência, estamos sem um lateral direito de origem disponível para essa partida. Elder Granja, que cumpriu suspensão contra o Coritiba, contundiu-se, e deve ficar de fora até pelo menos a semana que vem. Por sua vez, Fabinho Capixaba levou o vermelho no domingo, e cumpre suspensão automática.

Existem duas possibilidades: Sandro Silva ser improvisado no setor, com Martinez entrando no meio, ou Gustavo indo a campo na função de terceiro zagueiro. Escalação possível: Marcos; Sandro Silva, Jéci, Gladstone e Leandro; Martinez (Gustavo), Jumar, Evandro e Diego Souza; Kléber e Alex Mineiro.

Outra novidade fica por conta do jogador Thiago Cunha, destaque no campeonato pernambucano deste ano jogando pelo Santa Cruz, e nova aposta de Luxa para o setor ofensivo. Ele foi relacionado para a partida, e, inclusive, tomou a vaga de Jorge Preá na Copa Sul-americana. Seus direitos federativos pertencem ao Iraty, do Paraná.

Enquanto isso, a experiência do clube com a chamada cesta de atletas foi dada como encerrada, segundo declarou Luiz Gonzaga Belluzzo ao site gazetaesportiva.net. O dirigente afirma que a Arena Palestra Itália será o projeto chave do Palmeiras, no intuito de obter recursos financeiros para financiar os projetos do clube.