Palmeiras empata com o Rio Branco

Em uma partida marcada por dezenas de passes errados e inúmeras falhas dos sistemas defensivos de parte a parte, Palmeiras e Rio Branco de Americana não conseguiram ir além de um empate em 2 a 2 em Araraquara na noite desta quarta-feira (24).

O Palmeiras começou bem e já havia até enfiado uma bola na trave do adversário quando, aos 17 minutos, comemorou seu primeiro gol: Diego Souza, em lançamento primoroso de Cleiton Xavier.

Cheiro de goleada no ar? Que nada. Aos 20 minutos, Jobinho aproveita uma avenida pelo setor esquerdo da defesa alviverde e cruza para Alex Terra empatar a partida.

Como dizem que desgraça pouca é bobagem, aos 22 minutos novamente o lado de Pablo Armero se mostra o mapa da mina, e Romário, não aquele, mas um genérico, faz o vira-vira para o time de Americana que não consegue mandar seus jogos em casa.

Aos 33 minutos, o ataque alviverde desenvolveu excelente jogada e Ewerton faz seu primeiro gol com o Manto Sagrado, em tabela com Robert. Aos 43 minutos, o lateral Eduardo manda a segunda bola na trave do adversário.

Com Lincoln no lugar de Eduardo, o Verdão volta melhor na etapa final e cria boas jogadas aos 4 e 6 minutos com Cleiton Xavier.

Aos 11 minutos, entra Lenny no lugar de Ewerton, contundido. Acredite: Lenny também se machucou, aos 37 minutos, deixando o Verdão com dez, pois aos 31 minutos, Robert já havia saído, dando seu lugar a Vinícius.

A rigor, a partir dos 20 minutos o Palmeiras caiu muito de produção, e conseguiu apenas duas chances reais de gol, com cabeçada de Danilo aos 23 minutos e chute forte de Pierre aos 46 minutos.

O Rio Branco, por sua vez, retrancou-se de vez, satisfeito com o pontinho que estava a sua disposição. E o jogo de Desafio ao Galo acabou empatado.


Clique abaixo e ouça o Torpedo Verde, o boletim diário da Rádio Mondo Palmeiras.