Palmeiras empata com o Galo no Independência

O Palmeiras conquistou um empate fora de casa na tarde deste domingo (11) no estádio Independência, em Belo Horizonte (MG) contra o Atlético-MG. O time da casa estava na frente, mas o Verdão conseguiu o gol que lhe valeu um pontinho importantíssimo na disputa pelo título do Brasileirão 2018. Continuamos 5 pontos à frente do Inter, e agora teremos mais cinco rodadas para o final.

A primeira oportunidade de gol veio aos 4 minutos, com William desviando de cabeça para fora, após levantamento de Bruno Henrique. O Galo chegou perto aos 15 e 23 minutos com arremates de média distante que foram para fora. Aos 25 minutos, Deyverson fez bela jogada e cruzou. Guerra finalizou mal e mandou em cima de Victor, que espalmou para escanteio.

Aos 43 minutos, Deyverson, que fez boa partida, teve boa oportunidade e chutou forte, com Victor espalmando, lance que teve origem em um rebote após cobrança de escanteio favorável ao Palmeiras.

O segundo tempo mostrou o Verdão iniciando bem, mas a partir dos 8 minutos perdendo o controle da partida. O Atlético-MG mostrou mais disposição, e aos 18 minutos conseguiu abrir o marcador: Chará deu belo passe a Fábio Santos, que cruzou para Elias bater com força, sem chance para Weverton.

Animado com o gol, o time da casa quase marca o segundo aos 23 minutos, com Luan arrematando com força e exigindo boa defesa de Weverton. Aí, após cobrança de falta lançada na área atleticana, Adilson empurrou Edu Dracena. Pênalti, que aos 31 minutos Bruno Henrique cobrou com precisão.

O time da casa sentiu o gol, e mesmo pressionando, não mostrou competência suficiente para criar chances reais de gol, enquanto o Palmeiras, por sua vez, soube garantir o resultado, também não se arriscando para tentar a vitória.

As notas dos jogadores do Brasil:

Weverton7,0– Pelo menos duas ótimas defesas.

Jean7,0– Sua melhor partida desde o retorno, na defesa e no ataque.

Antônio Carlos6,5– Poucas vaciladas e muita concentração durante toda a partida.

Edu Dracena7,5– Muito bem na defesa e ainda sofreu o pênalti que nos garantiu o importante empate.

Victor Luis6,5– Muita garra.

Felipe Melo7,0– Estável e seguro.

Bruno Henrique8,0– Ótimo no meio-campo e autor do gol salvador, cobrando o pênalti com maestria.

Moisés5,5– Discreto demais. Saiu aos 13 minutos do segundo tempo substituído por Thiago Santos-6,5, que ajudou bastante na marcação, o seu forte.

Guerra3,0– Errou passes, perdeu gols feitos, não criou nada, não ajudou na marcação… Um horror! Saiu aos 26 minutos do segundo tempo, dando lugar a Lucas Lima-5,0, discreto.

Willian5,0– Esforçado, mas certamente sentiu a contusão. Saiu aos 20 minutos do segundo tempo substituído por Gustavo Scarpa-5,5, que se esforçou bastante e mostra aos poucos voltar ao melhor de sua forma.

Deyverson7,5– Criou boas oportunidades, quase marca um belo gol e encheu a paciência da defesa atleticana.