Palmeiras empata com o Cruzeiro no Pacaembu

Por Fabian Chacur

Jogando no Pacaembu na tarde deste domingo (4) perante pouco mais de 10 mil pessoas, o Palmeiras perdeu uma ótima chance de encostar nos líderes do campeonato.

A equipe alviverde ficou em um decepcionante empate por 1 a 1 contra o Cruzeiro, com direito a perder um pênalti no último minuto de partida, mais um requinte de crueldade contra sua torcida.

O jogo teve duas etapas um pouco diferentes. O período inicial foi absolutamente horrível, com as duas agremiações abusando do direito de errar passes e de não conseguir criar chances reais de gol.

A rigor, o Verdão levou relativo perigo à meta adversária apenas aos 5 e aos 32 minutos, com chutes de longa distância de Marcio Araújo e Gabriel Silva. O adversário, por sua vez, chegou com Anselmo Ramon aos 32 minutos e Roger aos 37.

Com um futebol um pouquinho melhor, o Palmeiras começou a criar chances logo no início do segundo tempo.

Aos 8 minutos, Marcos Assunção chutou de longe e o goleiro espalmou, enquanto Luan aos 10 minutos e Fernandão aos 13 também ameaçaram a meta adversária.

Aos 23 minutos, enfim o gol. Luan faz boa tabela com Fernandão e chuta, o goleiro espalma e ele se incumbe de aproveitar o rebote e abrir o marcador a nosso favor.

A partir daí, o Palmeiras tomou de vez as rédeas da partida, e quase ampliou aos 27 e aos 30 minutos com chutes de Marcos Assunção.O Cruzeiro pouco fazia, tanto que foi chutar sua primeira bola na etapa final aos 32 minutos, em arremate fraquinho que Marcos pegou fácil.

No entanto, parece que para o Palmeiras atualmente desgraça pouca é bobagem. Em vacilada da zaga alviverde, Montillo recebe e engana Marcos, empatando a partida aos 39 minutos.

Quanto o palmeirense já lamentava mais um maldito empate, João Marcos é derrubado por Gilberto aos 45 minutos. Pênalti,que poderia ter nos dado a tão necessária vitória.

No entanto, Marcos Assunção bateu mal, o goleiro cruzeirense defendeu, e a esperança do torcedor foi pra privada…