Palmeiras empata com o Cruzeiro e está fora da Copa do Brasil

Em partida na qual a marcação e a organização em campo falaram mais alto, o Cruzeiro conseguiu o resultado que necessitava para se classificar para a final da Copa do Brasil 2018. O Palmeiras não mostrou força suficiente para reverter a derrota na Allianz Parque, e ficou apenas no empate pelo placar de 1 a 1 na noite desta quarta-feira (26) no Mineirão.

O primeiro tempo teve como marcas o predomínio dos marcadores sobre os criadores, com direito a muita aglomeração de jogadores e nada de jogadas de perigo. Infelizmente, logo na primeira que realizou, aos 26 minutos, o Cruzeiro abriu o marcador, com Barcos finalizando um bom contra-ataque.

Atrás no marcador, o Palmeiras avançou um pouco mais e ameaçou aos 39 minutos em chute forte de Moisés que Fábio rebateu para escanteio. Rafinha poderia ter marcado aos 42 minutos, mas Marcos Rocha se recuperou e evitou a finalização, enquanto Dudu tentou um cruzamento insosso aos 47 minutos, sem sucesso.

Com Deyverson e Guerra nas vagas de Borja e Bruno Henrique, o time de Scolari conseguiu o empate logo aos 4 minutos, com Felipe Melo cabeceando forte após cobrança de escanteio. Aos 10 minutos, Guerra cruza, mas Dudu chega atrasado, enquanto Willian cruzou aos 20 minutos e Fábio pôs para escanteio.

A partir daí, com as entradas de Bruno Silva e Sassá, o Cruzeiro não só conseguiu impedir as tentativas alviverdes como também esboçava bons contra-ataques, embora sem competência para matar o jogo. E o Verdão não conseguiu a vitória, permitindo ao adversário ir para a final contra o time de Itaquera.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Weverton6,0– Saída esquisita no gol cruzeirense, mas sem grande culpa.

Marcos Rocha6,5– Foi quem mais buscou o jogo, além de ir bem na marcação.

Antônio Carlos5,5– Vacilou na jogada que originou o gol, junto com o colega.

Edu Dracena5,5-Também vacilou no gol cruzeirense.

Diogo Barbosa5,0-Discreto demais.

Felipe Melo7,0– Fez o gol e lutou muito, embora tenha errado passes e tomado o amarelo de costume.

Bruno Henrique5,0– Mal como o resto do time. Saiu no intervalo dando lugar a Guerra-4,0, que pouco fez.

Moisés5,0– Bem abaixo do que costuma jogar. Saiu aos 38 minutos do segundo tempo dando lugar a Jean-sem nota.

Dudu5,0– Bem apagado, embora tenha lutado.

Willian-6,5- O melhor do ataque.

Borja2,0– Não recebeu bolas, mas também não se movimentou, e ainda tomou um amarelo besta. Saiu no intervalo, substituído por Deyverson-5,0, que foi um pouco melhor, mas nada de muito maravilhoso.