Palmeiras é goleado em Porto Alegre

Quatro minutos de jogo. Pênalti para o Palmeiras. Alex Mineiro cobra com precisão e abre o placar. Poucos minutos depois, diante de um adversário completamente perdido, Diego Souza recebe passe açucarado, na cara do goleiro. A chamada “bola do jogo”. Perdeu o gol de forma bisonha. Resultado: aos 18 minutos, o zagueiro Índio cabeceia sozinho após cobrança de falta e empata a partida. Um minuto depois, Alex acerta belo chute e pega Marcos adiantado. Dois a um Inter. E o pior ainda estava por vir. Final: 4 a 1 para os gaúchos.

Não dá para negar que o time dirigido por Tite bateu e muito, especialmente o volante Guinazu, que parece ter salvo-conduto para bater, e muito. Também não dá para negar que os cruzamentos que geraram os gols de Índio foram originados de faltas inexistentes, especialmente a segunda, em cima do “cai-cai” Nilmar. Mas o fato é que o Palmeiras, após um bom inicio de partida, acabou se perdendo no Beira-Rio, em mais uma péssima performance fora de casa. Ainda na etapa inicial, Vanderlei Luxemburgo fez sua primeira substituição, tirando o volante Jumar e colocando Denílson em seu lugar. Seria apenas o primeiro erro.

Se ainda pressionou um pouco o time de Magrão Traíra nos primeiros minutos da fase final, com um belo chute de Martinez aos 9 minutos, o terceiro gol do Inter, de Índio, mais uma vez livre e de cabeça, aos 15 minutos, encerrou a partida, que, a partir daí, virou um suplício para nós, palmeirenses. Aos 29, Kleber sai para a entrada de Maicosuel. Aos 26, Thiago Cunha estréia, substituindo o inofensivo Diego Souza. O time conseguiu piorar ainda mais, com a zaga cometendo erros bizarros e o meio-campo não acertando um único passe.

Sorte que o juiz anulou aos 29 minutos um gol legítimo do adversário. Mas, aos 39 minutos, nem uma grande defesa de Marcos conseguiu evitar o quarto gol gaúcho, do reserva Taison. Final: goleada do Inter, que no domingo havia tomado de 4 a 0 do patético Vasco. Com a palavra, para tentar explicar tamanho fiasco, Vanderlei Luxemburgo.

*****

Ouça também o Torpedo Verde, o boletim diário da Rádio Mondo Palmeiras