Palmeiras dá três passos importantes para se manter no topo


A história recente do futebol brasileiro é repleta de exemplos de clubes que chegaram ao topo e caíram abruptamente logo em seguida. O caminho para chegar lá muitas vezes é mais simples do que a receita para se manter entre os melhores.

Depois da conquista do Brasileirão 2018, eram esperadas saídas de vários jogadores do elenco, o que não aconteceu. A permanência do Dudu, principal atleta do elenco, era algo quase impossível por muita gente (por mim, inclusive). Ele ficou, depois de um aumento e a garantia que vai poder atingir grandes objetivos sem precisar deixar o País.

Foi uma jogada de mestre da diretoria: o Palmeiras não precisou ir para o mercado buscar um substituto e ainda manteve no elenco um jogador identificado com a torcida que rende muito dentro e fora de campo.

Outro acerto foi o empréstimo do Ricardo Goulart. Trata-se de um jogador que, do ponto de vista técnico, está num nível muito acima dos demais no futebol brasileiro. Os nossos principais rivais sonhavam em contar com o atleta, que veio por empréstimo, mesmo com o seu contrato no final.

Tudo leva a crer que, para desespero dos concorrentes, ele fique em definitivo por aqui após o término do seu vínculo com o clube chinês.

O Ricardo Goulart chega para desempenhar duas funções importantes no elenco. Ele pode jogar como atacante fixo na área quando for necessário, pois finaliza com qualidade, mas deve ser mesmo um meia-atacante, jogando próximo da área.

Acredito que, com ele em boa forma, vamos depender menos das “ligações diretas”, das investidas dos volantes ao ataque e a bola vai chegar com muito mais qualidade aos três atacantes. O Lucas Lima conseguiu fazer isso em raros momentos desde a sua chegada.

Não é nenhuma novidade, mas a renovação de contrato com a CREFISA garante os recursos financeiros necessários para bancar o departamento de futebol mesmo quando outras fontes de receita (AVANTI, estádio) estiverem em baixa. O mais importante é que vamos receber muito mais do que os nossos rivais e com isso a montagem de um time competitivo fica muito mais fácil.

Enfim, tudo está sendo feito da melhor forma para que o Palmeiras permaneça no lugar de onde jamais deveria ter saído: o topo do futebol brasileiro.

Abraço a todos!