Palmeiras campeão bate Vitória no Barradão

Nada como atuar sem a necessidade de resultados. Com o título do Brasileirão 2016 já garantido, o Palmeiras fez uma partida tranquila e venceu o Vitória no Barradão pelo placar de 2 a 1 na tarde deste domingo (11). Com isso, garantiu 80 pontos ganhos e 24 vitórias no torneio. E o adversário acabou conseguindo se manter na série A. No fim, o resultado foi bom para os dois

Jogando com apenas três titulares e sem maiores responsabilidades, o Palmeiras começou a partida sendo mais efetivo do que o Vitória. Aos 3 minutos, quase faz, em jogada com Tchê Tchê. Aos 7 minutos, Leandro Pereira realiza grande jogada e arremata bem, em bola que passou pertinho do gol adversário.

Aí, a sorte sorriu para o time da casa. Marinho bateu falta sem grandes pretensões, mas a bola passou por todo o mundo, pegou Jailson desprevenido e foi para o fundo da nossa meta, aos 12 minutos. Nem deu pro Vitória comemorar muito, pois aos 15 minutos, Gabriel (hoje na lateral-direita) aproveitou rebote de forma precisa e empatou a partida.

Aos 38 minutos, o juiz vacila feio, pois anulou gol legítimo de Alecsandro, que de quebra ainda tomou um injusto amarelo por um suposto toque de mão que não ocorreu. Mas ele deu a volta por cima aos 45 minutos, aproveitando rebatida após belo lance de Fabricio e marcando seu gol de número 100 em brasileiros.

Mesmo precisando do resultado, o Vitória esbanjava nervosismo, e dessa forma o Palmeiras continuou melhor em campo. O resultado poderia ter sido ampliado, mas a equipe alviverde perdeu alguns gols feitos, e não permitiu muita coisa ao adversário, tocando a bola com tranquilidade. Coisa linda…

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Jailson6,5– Deu uma vacilada no gol do Vitória, mas de resto segurou a onda.

Gabriel7,0– Ótimo desempenho na lateral-direita.

Thiago Martins7,0– Seguro e sem firulas.

Yerry Minasem nota– Saiu contundido com apenas 29 minutos do primeiro tempo, substituído por Matheus Sales7,0-, que ajudou o time a garantir a vitória, com garra e bom senso.

Fabricio7,5– Jogou solto, com direito a bons passes.

Thiago Santos7,0– Estável e seguro o tempo todo.

Tchê Tchê8,0– Grande partida do nosso motorzinho alviverde.

Cleiton Xavier5,0– Errou muitos passes e se mostrou apagado. Saiu aos 24 minutos do segundo tempo para a entrada de Rodrigo-sem nota, que teve participação discreta na partida.

Alecsandro8,0– Dois gols (um injustamente anulado) e ótima atuação. Saiu aos 41 minutos do segundo tempo substituído por Artur-sem nota, que não teve tempo para fazer nada.

Erik6,0– Desempenho apenas regular.

Leandro Pereira6,5– Muita garra, mas perdeu gols feitos.