Palmeiras bate Figueirense por 2 a 1

pal_fig2.jpg

Num jogo que parecia com cara de “festa no chiqueiro”, e terminou com a torcida pedindo para acabar, o Palmeiras garantiu mais três pontos importantes rumo ao título do Campeonato Brasileiro.Logo aos 5 min, o atacante “pino” Florentín faz boa jogada DENTRO DA ÁREA (onde todo o centroavante deve estar), e cruza para o Valdívia abrir o placar. Sempre à frente, e contando com boas arracadas do lateral estreante Paulo Sérgio, o Palmeiras continua no ataque, e o centroavante pino de Raul Bianchi cria ótimas oportunidades.

Aos 24 min, o Animal faz bela jogada e deixa para Florentín, que ao invés de chutar para o gol, inteligentemente passou para Valdívia fazer o segundo do Verdão. Até o final do primeiro tempo, o Palmeiras passeou pela defesa do time catarinense dando muito trabalho para o goleiro Ari, principalmente com jogadas de muita criatividade do garoto Michael, que fez uma de suas melhores partidas.

No segundo tempo, o ranço de time pequeno voltou a assolar o técnico Caio Jr. que substituiu Michael, um dos melhores em campo, promovendo a estréia do bom Makelele. A partir de então vimos um outro Palmeiras, mais recuado, cauteloso, e querendo “segurar resultado”.  

Aos 22 min, num chute de fora da área o time do técnico Mário Sérgio, fez o seu gol. Depois disso, o Palmeiras, passando a jogar nos erros do time adversário, ainda perdeu duas chances de “matar o placar” com dois impedimentos absurdos marcados pelo árbitro Lourival Dias Lima Filho e pelo seu “auxiliar” Alessandro Rocha. No final, depois de mais duas substituições desastradas, Valdívia por Caio “Firulinha” e Florentín por Cristiano “Ronaldo”, o Figueirense quase chegou ao empate.

Ou seja, fica claro que o título é possível, mas precisamos melhorar…né, seu Caio Jr.?

Abraço a todos!

Confiram imagens do jogo na Galeria de fotos ao lado!