Oswaldo agradece semana livre e Valdívia cai no samba

Para quem gosta de futebol, e do Palmeiras, ficar sete dias sem jogos é um martírio. Mas para um treinador que ainda está acertando a equipe, como o Oswaldo de Oliveira, é uma benção.

“Sempre acho ótimo quando a gente tem tempo para trabalhar. A melhor partida que nós fizemos foi contra o Audax porque nós nos preparamos na verdade durante três semanas. Depois não tivemos mais tempo, estamos jogando a cada dois ou três dias, como aconteceu consecutivamente após Corinthians e Rio Claro”, disse ontem o técnico palmeirense.

O elenco do Palmeiras ganhou folga de dois dias e volta a treinar apenas na terça-feira. Valdívia, que não joga desde de dezembro do ano passado, aproveitou para curtir o carnaval na Bahia.

Nas próximas semanas, o meia deve renovar o seu vínculo com o Verdão, mas a sua presença no carnaval de Salvador foi alvo de críticas de muitos palmeirenses.

Ninguém tem nada a ver com a vida pessoal do jogador, mas é estranho ver um atleta que se recupera de contusão e que nem participou da pré-temporada do clube se esbaldando na Bahia.

Abraço a todos!