Os Jovens – O Presente da Nação*

     Quem nunca escutou a frase: “Os jovens são o futuro da nação?” se analisarmos logicamente não há nenhum erro, afinal, durante a juventude esses jovens estão sendo instruídos para enfim assumir seus papeis na sociedade. Mas e hoje se analisarmos o mundo do futebol, os jovens são o futuro ou o presente do futebol?

      Vamos analisar o nosso Palmeiras com o Santos, nos últimos anos quantos jovens foram promovidos das categorias de base para o time principal? Vejo esses como os dois maiores promovedores de jovens talentos. Palmeiras por sua política num passado recente do “Bom e Barato” (arrepia só de lembrar essa fase). Já o Santos vejo por sua competência e necessidades. Voltando uns 10 anos vamos analisar quantas eram as promessas que foram tacadas ao fogo pra resolver os problemas? Na nossa Sociedade Esportiva Palmeiras teremos: Vagner Love, Wendel, Francis, Cláudio, Michel, Roger Bernardo, David, Willian, Reinaldo, Ilsinho e vai embora a lista… Agora eu pergunto: quantos desses deram certo no futebol? Vagner Love foi o único da lista que podemos dizer que consegui seu lugar ao sol, Michel e Ilsinho discretamente foram para a Europa para desaparecer do mundo da bola Wendel, Francis e Willian se tornaram reservas no Palmeiras e os outros?

      Já se analisarmos o Santos teremos: Alex, Elano, Robinho, Diego, Renato, Renatinho, Thiago Luiz, Alemão…a lista também não pára, e agora eu pergunto, Por que no Santos as promessas se firmam? Conseguem se destacar? O que falta para os outros clubes que não conseguem formar em pouco tempo tantas promessas que vingam?

      Acho que está na hora de repensarmos um pouco, afinal quanto que uma equipe não lucra com vendas de jogadores de base, é pegar um jogador a preço zero e fazer valer milhões, acho que o Palmeiras deveria pensar em projetos grandes nessa área como caravanas pelo Brasil, fazer como por exemplos o programa “And One” (Um programa de TV transmitido pela emissora ESPN, no qual vão viajando e formando times do nada com os atletas locais que se destacam em peneiras. Os vencedores são levados para serem testados durante todo o programa e se conseguirem se manter vão para a liga profissional).     

O Rogério Dezembro disse que tem vários projetos, coloque esse em pauta também e claro não esquecendo que assim como fizeram com a equipe principal, tem que colocar um treinador de ponta na base também, alguém que saiba lidar com jovens e acreditem se quiserem, se eu fosse escolher um seria o Tarja Preta!

      Estamos no caminho para ter a maior equipe do Brasil indiscutivelmente, para isso falta apenas entrosamento, eu acredito que essa equipe entrosada será imbatível. Agora mexe, arruma, contrata no principal e na base ninguém menciona, entra ano, passa ano e nenhum projeto para a base do clube, pessoal, num mundo tão concorrido temos que vender primeiro para poder comprar, não adianta depender de renda de terceiros, precisamos ter a nossa própria renda e se possível se tornar auto suficiente como o Barcelona por exemplo, pode não estar em primeiro mas tem um time excelente, uma estrutura de dar inveja e não precisa de um centavo todo dinheiro é gerado ali e se o Palmeiras conseguisse isso?  Teríamos um patrocínio apenas para ter o dinheiro para comprar por que o salário nos teríamos como pagar.

      Sei que não é tão simples como minhas palavras podem parecer, mas é um começo que pode dar certo assim como, por exemplo, montar clubes de lazer no interior, usar a receita das mensalidades desse clubes, na formação de jovens ali mesmo, não precisando leva-los à capital, mandando para a capital apenas aqueles que ali se destacarem. Tem muita coisa que pode ser feita e dinheiro nós temos para isso e é aquela história, um negocinho aqui outro ali que vai rendendo , rendendo, um pouquinho em cada canto e hora que juntam todos esses pouquinhos, torna-se um grande montante, sem contar que o estes clubes podem servir de local para pré-temporada ou mesmo para fugir de crises que surgem pela mídia ou mesmo por eventuais tropeços e claro trazendo o time para perto da torcida que não pode vê-la.

       “Planos Ambiciosos” esse também poderia ser o título desse meu texto, mas não adianta a Sociedade Esportiva Palmeiras tem que pensar grande e aproveitar o momento que tem dinheiro e investir onde de retorno a curto, médio e longo prazo, não pensar somente no hoje e sim no amanhã eu vejo que estão acontecendo muitas coisas, mas precisamos de mais coisas ambiciosas e é com essa idéia que termino o meu texto pensando ambiciosamente a longo prazo principalmente, para que em um futuro próximo possamos estar colhendo glórias.

*Este artigo foi escrito por nosso leitor Rafael de Araujo Roim, e não reflete a opinião de Mondo Palmeiras.  

**********

Ouça também o Torpedo Verde, o boletim diário da Rádio Mondo Palmeiras. Hoje trazendo mais notícias sobre o clássico.