O que começa errado…

Nenhum time tem a obrigação de ganhar nenhum título. A pressão deve existir sempre para que o clube faça uma campanha digna das suas tradições e o Palmeiras não fez isso nem no Paulistão, na Copa do Brasil e muito menos na Libertadores. Uma sequência de erros nos levou a essa situação.

Primeiro foi a contratação de um treinador que modificou totalmente o esquema do time vencedor do ano passado. Pode até ser que aquele novo esquema (4-1-4-1) desse certo um dia, mas a verdade é que o Eduardo Baptista já chegou demitido ao Palmeiras. Acho que até demorou muito para ele ser mandado embora.

Depois, o retorno do Cuca parecia ser uma solução definitiva. Ledo engano. O time era bem diferente daquele montado em 2016 e o treinador jamais digeriu bem as contratações feitas no início da temporada. Era evidente isso.

Na busca pela equipe ideal, e sem muito tempo para treinar, Cuca tentou montar vários times com as peças do elenco, mas nenhuma dessas formações “encaixou”. Como nada funcionava bem, a diretoria ainda trouxe alguns jogadores e, na última semana, o falastrão Felipe Melo foi afastado. Nada disso funcionou.

Com uma formação “alternativa”, Cuca ainda conseguiu bons resultados no Brasileirão, mas não convenceu ninguém. O time depende muito de um lampejo, de um drible, de uma arrancada, uma bola aérea. O jogo coletivo inexiste.

Depois da eliminação na Copa do Brasil, a Libertadores ficou como a única esperança de salvação da temporada. Depois do fiasco que foi o jogo de ida, no Equador, o Palmeiras precisava vencer com a diferença de dois gols. A torcida fez a sua parte, lotou o estádio e fez uma festa inesquecível, mas apenas isso não basta. Faltou futebol.

Não foi pênalti mal batido do Egídio, que sai do clube no final do ano, que nos tirou da Libertadores. Foi essa sequência de contratações fracassadas, trocas de treinadores, etc…que tirou o Palmeiras da competição. E, convenhamos, um time que não se acertou em pleno mês de agosto não tem condições de ser campeão de nada!

Agora, é preciso que o pessoal lá dentro tenha calma e comece a agir para que o planejamento de 2018 não seja tão ruim como foi nesta temporada. Por onde começar? Bem, só posso dizer que dinheiro é bom demais, mas não resolve todos os problemas. #ficaadica

Abraço a todos!