Novela sobre Diego Souza segue enchendo o saco

Boa parte dos torcedores dá muita atenção aos possíveis reforços dos clubes. Alguns, por algum motivo inexplicável, têm mais interesse no “mercado da bola” do que propriamente nas partidas do time do coração. É quase um fetiche.

O que definitivamente ninguém gosta é quando uma negociação se arrasta por muito tempo. É o caso desse interesse do Palmeiras pelo Diego Souza, que até agora não se decidiu sobre qual será o seu destino. Infelizmente, vamos passar a semana inteira ouvindo essa ladainha, pois o atleta terá a sua sétima partida pelo time pernambucano só próxima segunda-feira.

Depois de marcar o gol da vitória do Sport sobre o Atlético-PR, o meia-atacante ressuscitou a lei do passe ao dizer que quem decide a sua vida são os seus empresários e os clubes. Só faltou citar o senhor de engenho.

 

Enquanto isso, o pessoal por aqui fica sonhando com a possível chegada de um reforço em meio a várias decisões de campeonatos. Esse tipo de assunto deveria ficar restrito à pré-temporada, mas a baderna do calendário brasileiro faz com que a janelas de transferências se estenda quase pelo ano inteiro.

Claro que o time tem que ser reforçar, mas isso é apenas o meio e não o fim. O objetivo não deveria ser um elenco recheado de estrelas, mas sim um time entrosado, jogando bem e atingindo as metas definidas no início da temporada.

Vem? Não vem? Quero mais é gritar gol e levantar taça. O resto está em segundo plano!

*****

O Palmeiras conquistou muito mais que uma vitória sobre o Grêmio. O time “alternativo” montado para esta partida mostrou que Bruno Henrique chegou pra brigar por uma vaga entre os titulares. Ótimo jogador.

Também ficou evidente pro Cuca que o Zé Roberto pode render muito mais no meio-campo do que na lateral-esquerda e que o Borja está evoluindo. Seria a “sombra” do Diego Souza?

Abraço a todos!