Nosso grupo na Libertadores poderá ter reviravolta

Uma verdadeira reviravolta poderá ocorrer no Grupo 1 da fase de classificação da Taça Libertadores da América 2009. A agremiação capaz de causá-la: a nossa amada Sociedade Esportiva Palmeiras. Graças a nossa épica vitória contra o Sport em Recife, e ao empate de um a um entre LDU (Equador) e Colo-Colo (Chile) que inaugurou o segundo turno, tudo ficou razoavelmente embolado.

O líder é o Colo-Colo, com sete pontos ganhos obtidos em duas vitórias, um empate e uma derrota, 8 gols a favor e 4 contra, saldo positivo de 4. Em segundo vem o Sport, com seis pontos ganhos, após duas vitórias e uma derrota, 4 gols a favor e 1 contra, saldo positivo de 1. A LDU ocupa o terceiro posto, com quatro pontos ganhos, uma vitória, um empate e duas derrotas, 4 gols a favor e 8 contra, saldo negativo de 4.

O Verdão está em quarto, com três pontos ganhos, uma vitória, nenhum empate e duas derrotas, 5 gols a favor, 6 contra, saldo negativo de 1. Ou seja, do primeiro para o último, são só quatro pontinhos de distância. Como os dois próximos jogos do grupo envolvem o Palmeiras, e ambos serão no Estádio Palestra Itália, teremos a oportunidade não só de nos redimirmos das duas derrotas iniciais, como de, também, assumir a liderança provisória do grupo. Vencer o Sport na quarta-feira às 19h30 já nos colocará na segunda posição, pois igualaremos a pontuação da equipe pernambucana, ultrapassando-a no critério maior número de gols marcados.

E mais três pontos no desafio do dia 21, terça-feira às 20h15, irá nos levar a atingir nove pontos ganhos, ou seja, a ponta da chave. Como o Colo-Colo jogará no dia 13 em Recife contra o Sport, poderemos até assumir de forma real a ponta. Nessa partida, o melhor resultado seria um empate, pois dessa forma, os chilenos passariam a somar oito pontos, e o Sport, sete, contra os nossos hipotéticos nove.

A vitória do Colo-Colo seria ainda melhor, pois os classificaria por antecipação e tornaria a sua partida final (contra nós) um mero amistoso, no qual garantiríamos nossa qualificação para as oitavas de final da Libertadores com um mero empate. Ufa, quantas contas! Para quem estava sendo considerado eliminado por antecipação, ótimas notícias, não é mesmo?

Yes, we can!