“Nada decidido”, Eduardo Batista esconde time que atuará neste domingo

Claro que a maioria das perguntas feitas na coletiva desta sexta-feira foram a respeito da contratação do Miguel Borja. Não é sempre que o Palmeiras contrata o melhor centroavante do continente e a ansiedade era muito grande por parte de todos.

Sem poder ainda contar com o Borja, que deve chegar ao Brasil neste sábado, mas não estará disponível para os jogos desta primeira fase do Campeonato Paulista. Por falar nisso, o Palmeiras joga neste domingo, às 19:30, contra o Ituano.

A principal dúvida parece ser sobre o substituto de Tchê Tchê. O treinador não se pronunciou sobre quem deve jogar no meio-campo, mas deixou o Moisés e o Alejandro Guerra como opções, apesar de ter lembrado que ambos não estão 100%.

“Ainda não estão no ideal, começaram um pouco atrasados a pré-temporada. O Guerra chegou um pouco depois. O Moisés decidimos ter outra linha de preparação. Mas tem outros atletas em condições de brigar por uma posição”, disse ele.

Esses outros atletas podem ser Jean e o Thiago Santos, mas aí o sistema seria alterado para o tradicional 4-4-2. Sinceramente, acho um exagero utilizar o Thiago para encarar o Ituano, mesmo que seja fora de casa.

No ataque, Lucas Barrios também segue como dúvida. O treinador confirmou que ele segue fazendo um trabalho “especial” na parte física e não o garantiu em campo no domingo. Quem garante?

Abraço a todos!